[RESENHA] AEcM12, de Flavio P. Oliveira

Postado em 6 de abril de 2013 às 23:34 por

Flavio Oliveira é o típico autor super legal. Só não queira que ele te mostre contos,e trechos - porque você vai querer mais. Confira minha resenha de AEcM12,logo abaixo.

AEcM12
Título : AEcM12
Autor: Flavio P. Oliveira
Páginas: 134

Editora: Independente
Sinopse: AEcM12 é uma história de amor que se passa no futuro, quando a maior empresa no ramo de seres artificiais domina a utilização de um componente e se torna capaz de confeccionar um androide perfeitamente similar a um ser humano, sem utilização de peças e elementos mecânicos. Serão muitos os homens a gastar pequena fortuna para a aquisição de uma cópia artificial de alguma mulher, alguns de esposas falecidas, a maioria de atrizes e modelos famosas. O principal personagem deste livro, um homem solitário, copiará a vizinha por quem é perdidamente apaixonado. Ele trabalha no ramo, é um compositor de elementos, e durante a vida construiu os próprios robôs, tratando cada criação com o carinho de um pai, edificando um estranho e artificial ambiente familiar. Agora ele apresentará uma mãe aos filhos-mecânicos, sua esposa artificial quase idêntica a vizinha já conhecida de todos e com isso alterará todo o seu futuro.

RESENHA

Enquanto a maioria da massa humana se preocupa com seu amor, Flavio criou um universo em que isso pode ser resolvido com um mecamorfo. Mas o que é um mecamorfo? É nada menos que um robô. Espere! Não é um robô qualquer. É um robô perfeito, que aparentemente pensa,fala e satisfaz seus anseios. Seria isso possível?


[...] o pior inimigo do homem é a saudade e nada é ão poderosopara acomodar essa falta quanto a recuperação do perdido; assim a ciência, a qual tem por maior obrigação suprir as necessidades humanas, deve providenciar o substituto.

Pág. 27

Ler um livro onde a tecnologia está muito mais a frente e, que pode substituir pessoas é muito... Diferente. E é esse mundo que Flavio nos apresenta. Além de personagens com nomes... Estranhos? Esquisitos? Não,não. Preste atenção na narrativa que você vai acabar adorando.

A traição não é o maior dos pecados, e sim o desamor. Quem amaria quem naquela sopa de esquisitos?
Pág. 92

E um desses personagens,ou melhor, o personagem principal tem o nome de Arivaldo Anestézijo, e é um homem apaixonado que não tem o seu amor correspondido pela mulher. Mas ele faz algo, que talvez vocês já tenham notado pela sinopse ou talvez nem tenham tido o trabalho de lê-la, mas ele a copia. Sim, isso mesmo. E através de um avanço perfeito: um robô, com todas as características humanas perfeitamente esculpidas em cada traço de realidade, e por dentro? Mecanismos de última geração. Mas se você fosse ele, e tivesse a oportunidade de ter alguém novamente ao seu lado, você desperdiçaria a chance? Ainda mais se pudesse escolher entre qualquer um que tivesse passado pela sua vida, não?

Tudo tem prazo de validade... Aquele arroubo de paixão, aquele fervor minguando morre, finda. Basta adiante compreender a avalanche de sentimentos incongruentes entre si, raiva e amor, ódio e desejo, carinho eterno e desprezo, querer e não querer. [...]

Pág. 93

Depois de muito tempo consolando a vizinha Lucia, Arivaldo tem a brilhante ideia de tê-la em uma ginoide - mulheres perfeitas por fora, com voz, textura e cor do cabelo, pele macia e extremos detalhes para agradar o cliente. Como ele trabalhara em uma sofisticada empresa de seres artificiais - se você lembrar do filme A.I. Inteligência Artifical e lembrar da novela Morde & Assopra com a Naomi robô, talvez seja mera coincidência da vida - ele já tem a ideia de como vai ser, e seus filhos robôs e suas barbiretas,além de um grilo falante e até um tigre de bengala.

Invejem meu livro autografado <3 br="">

Um livro muitíssimo bem construído, com personagens incríveis, rimas interessantes e uma fala poética e perfeita de dar inveja, uma coisa que me deixou incrivelmente surpresa foi aquele final. O que foi aquilo? Alguém pode me explicar? Flavio, Flavio,  me fez surtar no ônibus com tal final. Acredite, não vai ser nada como você imaginou como seria. E vai querer mais. Muito mais!
Para os leitores perfeccionistas como eu, o livro não conta com erros gramaticais gritantes (você já leu Sangue Quente na 1ª edição? Pois é,amigo, aquilo que eu chamo de problema.), uma capa linda e uma oportunidade para quem está tentando sair de perto dos clichês, AEcM12 está bem aqui. Vai perder?



Beijos da Pâm

Você também pode gostar de:

14 comentários

  1. Oi Pâm! que linda a tua resenha ^^
    A gente vai falar desse final pra sempre né?! E vamos reclamar pro Flavio sempre que tivermos oportunidade haha
    O meu também tá autografado *-*

    beijos linda!

    ResponderExcluir
  2. Um dos melhores finais... rs
    Obrigado, Pâmni. Adorei a resenha... Espero fazer você "sofrer" mais vezes lendo meus livros...
    :D

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oiiiiiiiiiiiiiii!!!
    HAHAH nenem gordinho é demais mesmo NHAC
    E olha que nasceu a prima do meu marido depois de uma semana da sobrinha dee, é mais gorda ainda! kkkkkkkkk é criança nova pra todo lado, logo eu tenho uma prima tbm! kkkkkkk ai ai
    Adorei a resenha, a dedicatória.
    Uma maravilhosa semana, fica com Deus

    http://www.delicadinhah.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Uma distopia brasileira? Já quero ler pra ontem!
    E que capa linda! Me lembrou de Starters.
    Beijo,
    Vinícius - Livros & Rabiscos

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia esse livro mas acabei de me apaixonar *-*
    Quero muito ler...
    Onde posso encontrar para comparar?
    Adorei a ideia e me lembra algum filme da década de 90 =)


    Beijos,
    Carol e seus livros.

    ResponderExcluir
  6. Quem quiser comprar o livro autográfado: http://www.grobsch.com.br/loja/br/40-aecm12.html.
    :D

    ResponderExcluir
  7. WOOOOOOOOOOOOOOW, parabéns.
    Adoro quando recebo livros com autógrafos, fico que nem tu kkkk ah, e parece ótimo, realmente me deixou curiosa :D

    - VITAMINA DE PIMENTA -

    ResponderExcluir
  8. Adorei essa resenha e o livro parece ser muito bom mesmo, acho que ele daria um bom filme viu ♥ amei!
    Beijinhos
    Facebook do blog
    conversando-com-a-lua.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Fiquei com muita vontade de lê-lo, Pâm! A sinopse em si já me deixou super curiosa e com a sua ótima resenha, então, é lista de futuras leituras na certa! E ele foi super fofo autografando o seu exemplar, né?
    Beijinhos

    Hipérboles
    @hiperbolismos

    ResponderExcluir
  10. Eu pensei em "Eu Robo" quando você começou a contar, mas depois me veio "Inteligência Artificial" como você mesma menciona. Deve ser maravilhoso e surpreendente. O que se pode esperar do futuro, senão um final mais do que nossa imaginação pode alcançar?


    Identidade Aleatória

    ResponderExcluir
  11. Caramba o que são esses quotes??
    muito perfeitos *-*
    e poxa curiosa sobre esse final !
    AHUAHUA
    Anotado na minha lista jaah !
    Bjoos
    http://chacombolacha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia o livro até então. Gostei da dica de leitura.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Eu preciso ler esse livro!!
    Criar vergonha na cara e comprar!! (e resistir a tentação em comprar o e-book só porque é mais barato. Gosto de livro físico mesmo).

    Não sei porque ainda não li. A estória parece ser muito interessante e está longe de ser aqueles romances melados que eu tanto detesto. Tem uma estória por trás de tudo.

    Amei sua resenha! Acho que era o pontapé que faltava pra eu dar um jeito de encomendar esse livro! Com autógrafo, claro! Senão ficarei de mal com o Flavio! rsrs...

    Beijusss;
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Nossa parece ser super interessante.
    E a capa é lindissima! ainda não conhecia.

    Beijos
    Blog da Cih

    ResponderExcluir

NEWSletter

Blog Archive