[RESENHA] Imperdoável, de Helô Delgado

Postado em 15 de setembro de 2021 às 06:30

Hey cupcakes! Hoje é dia da resenha do livro Imperdoável da autora Helô Delgado publicado pela Editora Cabana Vermelha e disponível também no Kindle.

 Título: Imperdoável
 Série: -
 Volume: 1
 Autor: Helô Delgado
 Páginas: 354
 Editora: Cabana Vermelha
 Gênero: Romance / Ficção / Literatura Estrangeira

 SinopseDinheiro fácil, satisfação instantânea, pouca roupa e drogas: esse é o resumo do que restou da vida de Flora, uma stripper que se esbalda nas noites paulistas. Quem a vê em cima do palco não imagina o turbilhão que a dançarina precisa enfrentar diariamente.
Fugir, silenciar sua dor e não olhar para trás se tornou um hábito. Sem nada a perder, sobrevive em um espiral vicioso, procurando esquecer que essa nem sempre foi sua realidade. Ela pouco se importa com o que pensam, também não está nem aí para si mesma.
Porém, em uma noite como outra qualquer, um crime choca os frequentadores da boate. Os dias de boemia de Flora estão contados… e ela parece ser a única que não sabe disso.
*** ESTE LIVRO CONTÉM GATILHOS PARA PESSOAS SENSÍVEIS ***
RESENHA

Imperdoável é o novo romance de Helô Delgado e fiquei muito curiosa com a personagem e claro que eu voltei na hora meu Kindle Unlimited para poder conferir - o físico vai chegar em breve, pode vir, meu bem! E qual foi a surpresa ao me deparar com essa história que tem uma personagem principal que foge muito do convencional? Vem que eu te falo sem spoilers!


Aqui vamos conhecer a Flora, uma stripper que está em uma fase muito difícil, mas que ela não pode sequer admitir pra si mesma: as drogas são sua válvula de escape assim como o sexo, as roupas escassas mal cobrem sua nudez e tudo que ela precisa é passar mais um dia. Só que, quem vê cara, não vê coração: por fora uma coisa, e por dentro outra completamente diferente, Flora enfrenta demônios que são incapazes de deixar sua mente vazia, e apenas seus 'auxiliares' são capazes disso. 

Meus pensamentos, minhas atitudes e minhas escolhas me engolem viva.

Aquilo que silencia as vozes da sua cabeça, parecem ser exatamente o que ela precisa para ter um pouco de paz. Em uma noite que poderia ter sido como qualquer outra qualquer, acontece um crime e a partir daí, muita coisa vai mudar não somente para a boate assim como para ela. A partir daí vamos conhecer alguns personagens que vão ser essenciais para a jornada de Flora e aqui eu preciso começar a falar de minha experiência de leitura: a autora não romantiza NADA e isso eu achei demais quando descobri, porque a construção do livro até pode te fazer dedicar bons momentos criando suas expectativas, mas devo dizer: me surpreendeu muito mais, então por isso não podemos dar muitos spoilers sobre personagens que aparecem, até porque o desenrolar de alguns deles, é que dão a graça da surpresa.

Minha existência nada mais é do que um vaso quebrado que nunca passará por reparo.

Difícil falar sobre um livro que trouxe tantos questionamentos, tantos tabus e remoldou coisas na minha cabeça. E se... Fosse comigo? E se... Fosse real? E se...? O que mais choca é que essa história pode ser muito bem a história de uma pessoa que você já conheceu ou que pode conhecer. Não é difícil imaginar Flora na vida real, com as descrições, com os motivos e as aspirações dela. Você vai descobrindo porque a Flora chegou à situação que está hoje e também como os personagens que vão surgindo são importantes para toda a trama.

— Você gosta de coisas antigas — me pego comentando.
— O passado nos tem muito a dizer, não acha?
Tem. Se tem.

A escrita da Helô está impecável, sensível, crua, intrigante, e ainda conta com artimanhas da escrita da autora que leitores de outros livros vão conseguir identificar o seu toque. Além disso, tem outro elemento que eu achei divertidíssimo de encontrar no meio da leitura, e se você já leu outros livros da autora, vai identificar com um sorriso gostoso nos lábios.

Sentir. Quem precisa sentir quando se pode esquecer?

Outra coisa: não é porque a personagem é uma stripper que o livro é erótico ou com palavras de baixo calão. Te garanto que não vai encontrar isso por aqui: aqui é um drama pesado, que vai abalar seu coração, pode ser difícil em alguns momentos, uma pausa para respirar e depois voltar para as páginas. Gosto como a Helô trabalha a mente do leitor. ELA ME ENGANOU DIREITINHO em diversos momentos da leitura. Me peguei pensando em algumas coisas e depois... E o que devo dizer do mocinho? O livro é a jornada de Flora, mas o mocinho... Ah...Ele só tem acrescentar aquela pegada que adoramos. É tudo que posso dizer rs.

Preciso dar uma corrida até lá e acabar com a sensação. Se estou sentindo, chegou a hora de aumentar a dosagem.

Um livro sensual e dramático, doce e doloroso, que ainda assim vai te trazer muitos motivos para sorrir e também ficar de boca aberta. Esse livro tem cenas sensíveis que podem ser gatilho e apesar de ser forte, eu não conseguia largar o livro. Estou ansiosa para chegar a minha edição física! Eu amei, de todo meu coração e espero que todos possam ler essa história - falei demais, mas espero que ao menos possa ter convencido vocês que vale a pena incluir nas leituras 😍

P.S.:  eu sou muito grata e estou muito feliz de poder ter lido e favoritado esse livro, muito obrigada por essa história maravilhosa, Helô ♥

Classificação: ⭐⭐⭐⭐⭐😍


Disponível no Kindle Unlimited e físico no site da editora!

Você poderá gostar de:

2 comentário (s)

  1. Oi Pâm,
    Assim que li a resenha completa da Ale eu já baixei esse livro no meu KU. Gostei da premissa do livro e da protagonista, e também achei bacana que a autora não romantizou alguns assuntos, principalmente sendo um livro tão denso, acho que é aquela história que dá uma sacudida da vida real no leitor, né?!
    Enfim, amei sua resenha Pâm!
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  2. Oi, Pâm! Tudo bem?
    Achei sua resenha muito completa, deu uma bela ideia do que o livro traz. Acho importante ter livros que nos façam refletir e que nos tragam o "e se...". Ainda não li nada da autora. Espero ter a oportunidade em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir