Postado em 28 de novembro de 2018 às 06:25

[PEGA A PIPOCA] Felicidade por um Fio - 5 motivos para você assistir

Hey cupcakes! Hoje é dia de um Pega a Pipoca diferente no especial de Consciência Negra. Quando assisti pensei: putz! Tem tanta coisa aqui... Como falar? E tive uma ideia diferente que acho que vocês vão gostar.

Sinopse: Violet Jones (Sanaa Lathan) tem uma vida aparentemente impecável até que um acidente ao arrumar o cabelo faz com que as coisas em sua vida se desenrolem e ela começa a perceber que estava vivendo a vida que pensava que deveria viver, não a única que realmente queria. Violet começa a descartar algumas coisas que realmente não precisava, começando pelo cabelo perfeitamente endireitado e tenta encontrar um verdadeiro significado para a sua vida.

Então continue lendo pra ver o que aprontei nesse especial do "Uma Amiga Indicou".

Temos aqui nessa postagem uma parceria entre: eu, Prih do Infinitas Vidas, Alê do Estante da Alê, Carol do Caverna Literária e a Carol do A Colecionadora de Histórias onde teremos uma indicação e traremos a opinião sobre, decidida pelo grupo, aqui no blog e nos blogs das meninas.



Acho que vocês já tão ouvindo muito sobre o filme "Felicidade por um Fio", relativamente novo no Netflix. Peguei meu primeiro mês grátis e queria terminar "O Último Rei da Escócia" (ainda quero terminar!) mas não tinha disponível e resolvi assistir esse pelos vários comentários...E não é que foi interessante? Resolvi que quero falar do filme, do especial e ainda ser diferente.... Então vou deixar 5 motivos para você também assistir.
  1. Representatividade 
    Ah, que clichê, Pâm? Protagonismo negro é importante e essencial no mundo onde podemos ver que a maioria dos protagonistas são "brancos", e sabe, é muito interessante. Os problemas que parecem ser problemas no filme, por exemplo, como o cabelo "pixaim", não são exatamente problemas - eles mascaram outros problemas e outros pré-conceitos.
  2. Você só precisa ser quem você realmente é e o seu cabelo não define tudo de você
    Vamos dizer que quando estamos felizes com o nosso cabelo realmente até o nosso humor melhora... Mas sabe, às vezes a gente não percebe o que tem e podemos ser felizes sim com o que temos e podemos fazer cachos, alisar, frisar, enfim! Há um mar de possibilidades, mas o filme destaca: o que foi imposto pela sociedade ou até mesmo pela sua mãe não pode definir o que você é, você tem o poder de escolher se vai raspar, alisar ou querer ele natural. E o filme passa isso de forma bem... Sutil que nada, dá um tapa na cara mesmo.


       
  3. É inspirado em um livro
    Já pode ser um bom motivo para leitores, né? 😀 E o  título é exatamente o título do filme "Nappily Ever After" uma alusão visto que "E viveram felizes para sempre" é a frase de uso trocando o tradicional "happily" por "nappily", algo como "encaracolada para sempre"... E a tradução ficou mais bonitinha. Qual não foi meu espanto ao descobrir que na verdade o livro... É uma série de livros! Mas ainda não tem livro no Brasil...
  4. Você não precisa de alguém pra ser feliz antes de você
    Sabe essa frase clichê que todo mundo fala mas não parece fazer sentido porque o clichêzinho sempre acontece no final...Mas não. O filme também fala exatamente disso. Tudo bem, vamos combinar que o início não é lá essas coisas e não explica bem, mas tem uma mensagem clara de que não é apenas uma pessoa que vai te fazer feliz. Se você mesmo não está feliz consigo, como pode querer encontrar apenas no outro? Se você encontrar em outro alguém felicidade, essa pessoa não vai te completar... Vai te transbordar. E é bem legal falarem sobre (apesar de eu ter achado o final aberto, né?)

  5. Nascemos com pré-conceitos sobre beleza e eles estão errados
    Nunca tinha pensado sobre propagandas... Bem, até tinha, mas não que há uma maneira de fazer diferente e com a Violet eu pude ver algo diferente. Ela mesmo tem certos momentos de "raiva" onde outras personagens são afetadas e não é legal. Empatia também é ativada nesse filme e a remissão também. Importante e necessário, é claro. Qual é a beleza ideal? É a sua, o que, às vezes, o seu olho não vê e está presente por todo seu ser.
E não é que o filminho vale a pena? Um pouco clichê, uma leve comédia romântica que vai te fazer questionar muito e entender no final, falar sobre cabelo, relacionamentos e família, além de preconceito dos outros e nossos, conceito de beleza da sociedade e um alerta para todas as gerações. Mudando o mundo... Uma cabeça por vez.

Classificação: ⭐⭐⭐⭐ (3,5)

12 comentários

  1. esse filme é mesmo ótimo,para nós todas que mts vezes somos criadas em cima de conceitos errados, com a pressão da sociedade e precisamos nos empoderar cada vez mais

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Que post incrível, com certeza fiquei mega curiosa rsrs

    http://www.submersaempalavras.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Pâm

    eu comecei a assistir ao filme mas acabei desistindo
    acho q n tava num momento bom p ele, logo volto a assistir e espero vê-lo completo!

    Bjooooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Pam!
    Eu gostei bastante desse filme e concordo com os seus motivos!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Parece ser um filme com muitos ensinamentos.
    Bom final de semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  6. Oi, Pam!
    Esse filme está adicionado na minha lista há meses, mas ainda não pude assistir. Fico feliz em saber que o indica para todos os leitores do blog e acho a temática abordada por ele super atual e pertinente. É importante debater sobre os padrões impostos pela sociedade e o quanto isso afeta a todos nós que buscamos nos adequar, quando na verdade devemos praticar mesmo a autoaceitação.
    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Mari!
      Você vai curtir, eu acho!
      Isso é verdade!
      Ele fala sobre isso.. Ter o poder da escolha de fazer o que a sociedade colocou na cabeça mas você saber que é maravilhosa do jeito que é <3 é ter escolha e é bem bacana

      Excluir

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: Pâm Possani