Postado em 19 de junho de 2018 às 14:12

[RESENHA] Antes dos Vinte, de Cinthia Freire

Hey cupcakes! Hoje é dia de resenha de parceira pontual com a Cinthia Freire para o livro Antes dos Vinte, o seu novo lançamento... Eu pude conferir a escrita da autora e seu novo enredo e vou contar pra vocês sem spoilers! Vem comigo!

Sinopse: A vida de Luana Calzzavari não anda muito boa. Desde que seus pais se separaram, ela decidiu que odeia comerciais de margarina, come por compulsão toda vez que fica nervosa e tem um estranho hábito de organizar suas roupas por cor. Além disso, ainda esconde uma lista de coisas a fazer antes dos vinte, que criou quando era pequena, e que hoje, aos dezoito anos, jura não ter mais importância. Porém, quando seu pai lhe oferece uma viagem a Disney, como uma trégua na relação entre eles, Luana vê a oportunidade de realizar mais um dos seus antigos desejos: beijar um americano. Pete é bonito, beija muito bem e o mais importante... é americano! Tudo o que Luana queria nessa viagem. Acontece que esse misterioso rapaz, dono de intensos olhos dourados, vai ajudá-la a realizar outros itens. Entre confusões, algumas louças lavadas e muitas provocações eles irão descobrir que, às vezes, a vida nos guarda muitas surpresas e que o amor pode surgir onde menos se espera.

RESENHA
Antes dos Vinte não é uma série e sim um livro único lançado por Cinthia Freire e ouvi muito sobre ele da minha amiga Alê, do Estante da Alê. Ela mesmo me falou da parceria pontual que a Cinthia estava abrindo para esse livro e pensei, "Por que não tentar?" e não é que eu consegui trazer esse leitura para vocês? 
É melhor lamentar por ter tentado do que passar a vida imaginando que poderia ser diferente.
Antes dos Vinte vai nos contar a história de Luana, uma menina muito mimada (reforço aqui a palavra MUITO) com um bom coração e duas super melhores amigas de infância, Manu e Giovana - essas três, aos doze anos, resolvem fazer uma lista de coisas para fazer antes dos vinte, e na lista da Lu existem coisas simples como beijar o menino popular do colégio como até mesmo uma viagem à Disney com as amigas... Hoje, já perto da casa dos dezoito anos ela se encontra num impasse: a faculdade, o destino das amigas, os seus sonhos e a esposa do seu pai, que Luana não se dá tão bem.

Mas seu pai quer Luana mais presente em sua vida, e resolve fazer uma proposta irrecusável para a moça: ela vai ficar dois meses na casa do seu pai, mas vai ganhar uma viagem para a Disney com tudo pago para ela e suas amigas. Seu pai está tentando comprá-la? No meu ponto de vista, sim e não - ele quer ver mais sua filha e que veja com outros olhos a madrasta e além disso, sabe que ela tem uma ligação forte com as garotas. Sabendo que Luana teria que pagar "o preço" depois, ela aceita a proposta e nessa viagem ela acaba conhecendo dois garotos e um terceiro, com um sorriso irresistível, cabelo indomável e um inglês perfeito.
- A vida é curta demais para se privar de fazer o que te faz feliz.
- Eu não sei se isso me fará feliz.
- Só vai saber se fizer, Moranguinho.
Uma vez que ela não o conhece e provavelmente nunca mais vai encontrá-lo na sua vida, quando a moça se vê num elevador com o rapaz, bem... Por que não cumprir mais uma das coisas para se fazer antes dos vinte? A maior surpresa viria depois quando ela voltasse do Brasil: o bonitão, que ela descobriu chamar Pete, poderia estar mais perto do que ela imaginava e ter uma ligação que ela nem poderia cogitar na sua vida. E talvez ela tenha que ajudá-lo a vencer alguns dos seus obstáculos que quem vê de fora nem imagina, vê exatamente aquilo que quer ver.
- Eu te abandonei - repito e mesmo assim não é nada fácil.
- E eu te perdoo.
- Por quê? - pergunto porque não consigo compreender.
- Porque você estava cega, envolta em uma nuvem negra que não te deixava enxergar nada além da sua mágoa. Eu sei que você não fez por mal e hoje está de volta. Eu estou feliz demais para me prender a bobagens. 
Não tinha lido outros livros da Cinthia mas essa foi uma ótima estreia. Cinthia construiu personagens cativantes: Pete é maravilhoso, lindo, inteligente e engraçado; Luana cresce ao longo das páginas e cria certa maturidade que fica evidente assim como outros pontos: ela é uma pessoa amiga, bonita, de bem com a aparência (eu achei isso muito legal porque o que mais vi em garotas na idade dela foi a fase neurótica de "preciso estar no peso X" e ela não é exatamente assim, ela come mesmo e É ISSO AÍ AMIGA, DEPOIS "NOIS COME BROCOLIS" - essa parte eu que falei rs) e tenta resolver muita coisa, só que ela precisa ver que algumas já estão resolvidas e ah! Alex... Eu gostaria de colocar ele num potinho, meu Deus, que homem é esse?
Estou magoada e uma mulher magoada junto de um cara bacana como ele não pode terminar bem.
Mas Cinthia traz uma particularidade em Pete que eu nunca vi em outros personagens, além disso, ela traz em Luana uma perspectiva diferente: ao longo das páginas a moça vai realmente crescendo e ela tem pessoas verdadeiras, que conhece agora e que estão há algum tempo, que realmente a ajudam na sua jornada, estando do seu lado, estando ali para dar bronca quando ela precisa de um alerta para o que faz ou que está prestes a fazer. Ah! Tem outra coisa: falei ali em cima que a Luana é mimada mas tudo pra ela é "fácil" na questão do dinheiro porque o pai dela tem mais condições, realmente - já se vê pela proposta da Disney, né, gente? Isso pode ser um defeito e uma benção em certos pontos da leitura, mas você só vai entender porquê lendo de fato rs Meu personagem favorito foi Alex (Cinthia, quero ele pra mim!!!), um menino respeitador, fofo, inteligente... Ah, suspirei várias vezes! O alívio cômico se dá por conta de Giovana, que é super engraçada e fala mesmo (HAHA)! Achei interessante a relação de Luana com o pai, a maturidade do pai e vi com outros olhos a sua madrasta (devo dizer que gostei mais dela do que a própria mãe? rs), às vezes é tudo questão de um ponto de vista... "Quebrei a cara" porque esperava uma coisa e aconteceu outra e gostei muito das surpresas que a leitura me trouxe. 
Por que você não consegue ocupar o lugar que eu te reservei em meu coração?
Com capítulos curtos e que tem um ótimo andamento, Cinthia conquista facilmente mais leitores: você fica ávido para saber o que vai acontecer e como o capítulo é curto é de praxe pensar: "Só mais um" e chega ao final num estalar de dedos... Ah, Cinthia, já queremos mais! rs Obrigada pela oportunidade, mal posso esperar pelos próximos livros! 💘💘💘

Classificação: ⭐⭐⭐⭐

2 comentários

  1. EU AMO ESSE LIVRO!
    EU AMO A CINTHIA! HAHAHAHAAH
    Uma das melhores cenas, que sempre me recordarei é a da frigideira, eu ria chorando e não sabia mais o que fazer da vida, HAHAHAHA.
    E acho que o amadurecimento da Luana vem aos poucos e isso me fez comprar a história, sabe? Não dá tudo certo logo de cara. O próprio Pete precisa desse 'tempo' para colocar a vida em ordem e voltar para fazer o certo.
    Fico felizona que você gostou Pamzinha.
    Eu deixo você ficar com o Alex pq o Alan de Meu Refúgio é meu, ok? E NEM VEM QUERER TROCAR DEPOIS!
    beeeeeeeeeeeijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SIMMMMMMMMMMMMM
      ADOREI A CENA DA FRIGIDEIRA, ALE hahahahahaha
      Verdade
      É bonito de ver como ela cresce junto com a responsabilidade de ser mais madura
      Verdade...
      O Pete super precisou e super foi ótimo para os dois, né??
      HAHAHAHAH ALEXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX MEUUUUUUUUU rsrsrsrsr
      beijocas

      Excluir

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: Pâm Possani