[RESENHA] A menina que não sabia ler, de John Harding

Postado em 14 de junho de 2014 às 15:55 por

Depois de um tempão sem postar resenha, vamos falar desse livro que me deixou doida, literalmente. Esse livro eu li faz um tempinho já, mas não tinha postado a resenha sobre a leitura. Por que não, né?


A Menina Que Não Sabia LerSinopse: 1891. Nova Inglaterra. Em uma distante e escura mansão, onde nada é o que parece, a pequena Florence é negligenciada pelo seu tutor e tio. Guardada como um brinquedo, a menina passa seus dias perambulando pelos corredores e inventando histórias que conta a si mesma, em uma rotina tediosa e desinteressante. Até que um dia Florence encontra a biblioteca proibida da mansão. E passa a devorar os livros em segredo. Mas existem mistérios naquela casa que jamais deveriam ser revelados. Quem eram seus pais? Por que Florence sonha sempre com uma misteriosa mulher ameaçando Giles, seu irmão caçula? O que esconde a Srta. Taylor? E por que o tio a proibiu de ler? Florence precisa reunir todas as pistas possíveis e encontrar respostas que ajudem a defender seu irmão e preservar sua paixão secreta pelos livros - únicos companheiros e confidentes - antes que alguém descubra quem ousou abrir as portas do mundo literário. Ou será que tudo isso não seria somente delírios de uma jovem com muita imaginação?


RESENHA
Acho que estou perdendo o jeito para fazer resenhas, mas eu espero sinceramente que me perdoem e deem suas críticas construtivas ;)

Quando você pensa que vai ler um livro do mesmo estilo de A menina que roubava livros, você meio que se "decepciona" por ter tido esse pensamento. Na verdade, o título pode até lembrar um pouco, mas a história é surpreendentemente muito diferente e vai te fazer ficar ficar pensando muito tempo depois de ter devorado as últimas páginas. Esse é o tipo de livro que te prende muito principalmente pelo mistério que te consome.
Não se engane pelo nome do livro. O título original é Florence & Giles, mas você consegue entender muito bem o porquê.

[...] Enquanto por dentro minha voz gritava até pensar que meu coração iria se partir;
Fui eu quem assistiu à sua morte, seguindo à deriva, à deriva, esperando em sua vigília
Que Deus levasse sua alma.
pág.9
Florence, a narradora-personagem, tem 12 anos e é órfã. A menina mora na mansão do seu tio com seu irmão, e ambos estão sob os cuidados dos empregados. Os empregados tinham ordens para ensiná-la apenas aprendizados para ser uma boa esposa e mãe. Mas não contavam com a curiosidade da garota, que acaba descobrindo uma enorme biblioteca na mansão e aprende a ler sozinha e se aprofundar em mundos desconhecidos.
- Ela não está aqui, sua tonta. O que estaria fazendo aqui? A menina não sabe ler. Nunca lhe permitiriam.
Pág. 24
Florence é super protetora com Giles e fica super feliz quando descobre que ele é enviado de volta para casa do colégio para aprender o que precisa na mansão com ela. Tudo estava bem, com Flo se escondendo para ler na biblioteca, aguardando as visitas de Theo Van Hoosier - seu vizinho asmático e fofo, aos meus olhos - e aprendendo o necessário aos olhos dos demais, até a morte da primeira preceptora no lago da mansão. Para substituí-la é enviada a Srta. Taylor, que chega para abalar o mundo de todos, uma mulher dura (com Flo) e misteriosa. A partir daí, o livro toma um rumo completamente inesperado, e a realidade e a imaginação de Florence distorcem e confundem. Prepare-se porque muitas perguntas não são respondidas. Eu, sinceramente, terminei com um grande ponto de interrogação na testa.
Por Florence eu sairia
Mas a asma
com a Hasma
não permitiria
Pág. 51

Florence não foi uma das minhas personagens favorita na história literária mas por ter doze anos, ela escreve e fala muito bem. O final me deixou com o coração na mão, um pouco frustrada e muito curiosa. Terminei o livro e senti como se tivesse sido abandonada. Estranho né? Theo é um dos meus personagens favoritos juntamente com a fofura do Giles. O livro pode ser cansativo em certas partes pois trabalha com a monotonia dos dias, o que sinceramente, me deixou muito aflita.
- Bom - Giles falou, contraindo o rosto com interesse genuíno -, a senhora preferiria ser fervida no óleo e comida por canibais ou ser atingida por uma baioneta de um soldado confederado e vê-lo arrancando suas entranhas diante de seus olhos?
Pág. 89

Apesar de tudo é um livro que eu considerei bom, mas com um final de tirar o fôlego e te fazer ficar olhando para as letras, esperando que elas se embaralhem e tenham palavras diferentes.
A edição que eu tenho aqui é uma edição econômica com tamanho de fonte normal, espaçamento bom e páginas brancas. A única diferença para uma primeira edição é que não tem línguas. Não dá para perceber na foto, mas a capa em si é fosca e nas partes do título e letrinhas tem um "verniz" localizado. A edição em si é bem fofa e um super ponto positivo porque não incomoda na leitura ;)

Gostaram? Leram ou leriam? Já ficaram sabendo do 2º volume? O segundo volume tem uma capa linda e foi lançado esse mês pela LeYa.

Depois de viver presa num mundo obscuro, assustador e sem palavras em A menina que não sabia ler, a pequena Florence viverá uma nova e misteriosa aventura onde nada é realmente o que aparenta ser e todos podem se tornar inimigos em potencial. Mas onde ela encontrará uma saída? Um aliado? O misterioso médico John Shepherd busca um recomeço para sua vida em um lugar nada promissor: uma ilha que funciona como uma clínica psiquiátrica exclusivamente para mulheres. Nesse antro de segredos e sofrimento, Shepherd tentará esquecer seus pecados devolvendo a humanidade às pacientes. A primeira em quem vai experimentar sua doutrina de cuidados, o "tratamento moral", é uma atraente jovem pálida de cabelos escuros que não se lembra do próprio nome, fala de modo estranho e não consegue saber quando e como chegou àquele lugar. Por que afinal ela desperta tanto a curiosidade do médico? Entre pacientes mais inteligentes que as próprias enfermeiras responsáveis por elas, segredos por todos os lados e figuras assombrosas (e assombradas) percorrendo misteriosamente os corredores da clínica durante a noite, as vidas de Florence e John Shepherd estarão mais ligadas do que podemos imaginar... Arrisque-se e tente achar uma saída no labirinto claustrofóbico criado em A menina que não sabia ler vol. 2.
Um abraço pra vocês :)

Você também pode gostar de:

18 comentários

  1. PAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAARAAAAAAAAAAA TUUUUUUUUUUUUUUUUDOOOOOOOO não sabia que esse livro tinha continuação *o* Gente vou morrer.

    Já li o primeiro livro e pode-se dizer que comi ele. Logo que para lê-lo eu sabia de uma coisa: ou eu iria amá-lo ou iria abandoná-lo. Não são todas as pessoas que amam esse livro e também não são todas que não gostam. Gostei muito desse livro <3 Realmente seu final foi de tirar o fôlego. Havia partes dele que eu tinha medo de ler a noite (HAHAHAHA).

    Abraços.
    Natalia.,
    http://musicaselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia esse livro e fiquei super interessada por ele. Parece ser uma história bem bacana e do tipo que gosto de ler. :)

    Beijinhos,
    http://minhacontracapa.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Vou te ser sincera: eu odiei esse livro. Muito. Foi uma decepção sem tamanho, fiquei com uma enorme interrogação na cabeça e a protagonista é muito chata. Maaaaaaaas, ainda assim, quero ler a continuação. Vai que dá certo? Pretendo reler esse volume esse ano também.

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por favor, me conte o final.
      Mande no zap ou no face 07188956287 Gabriela Sampaio

      Excluir
    2. Por favor, me conte o final.
      Mande no zap ou no face 07188956287 Gabriela Sampaio

      Excluir
  4. Não achei que você está perdendo o jeito u..u
    Nunca li esse livro e meio que perdi a vontade depois de ouvir de muuuuuuuuita gente que a estória é totalmente decepcionante :s

    tofalandoisa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Li esse livro há um bom tempinho atrás, e apesar de já te ouvido muita gente que o odiou eu posso dizer que amei hahahah achei uma história bem diferente e com um final surpreendente, onde você não sabe se é você ou a Florence que está louca :P
    Estou esperando a continuação tbm, com toda certeza vou ler!
    Beijo!
    http://booksmanybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Já quis ler esse livro, mas acabei não dando muita bola, agora fiquei realmente curiosa, ainda mais depois de de ler a sinopse do segundo volume. Acho que me deu uma idéia de mais ou menos como deve terminar o primeiro livro.

    Thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Eu tenho os 2 livros. O primeiro comprei há muito tempo; o segundo ganhei no evento da Leya. Pra ser sincera, comprei sem ler a sinopse, mais pelo título e capa. Só agora, na sua resenha fui descobrir a profundidade do enredo. Preciso pegar logo pra ler.
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  8. Eu quero mimimii.

    http://isabellalessa.com/

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho vontade de ler esse livro, mas confesso que associo muito à menina que roubava livros >_<

    ResponderExcluir
  10. "Depois de viver presa num mundo obscuro, assustador e sem palavras em A menina que não sabia ler, a pequena Florence viverá uma nova e misteriosa aventura onde nada é realmente o que aparenta ser e todos podem se tornar inimigos em potencial." Só que a sinopse do segundo livro não conta que nesta aventura ela deixou seu amigo morrer e congelar na neve e não lembro quem mais ela matou.

    Também associo à Menina que roubava livros, mas, embora tenha detestado mesmo esse livro, fiquei curioso pela continuação.

    Abraço,

    ResponderExcluir
  11. Oi Pam;
    Sou louca pra ler esse livro e o pior que eu tenho ele na estante. Só que vários outros vão entrando na frente e ele vai ficando pra depois... Sei que vou ficar um pouco irritada com o final sem todas as perguntas, mas de alguma forma (talvez pelas resenhas como a sua!) sei que vou gostar de ler!

    Beijussss;
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/
    http://universo-invisivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Eu já li esse livro, adorei na época, quero ler novamente, ainda mais que se não me engana vai sair adaptação. Recomendo! Leiam! Até dou link e tudo: http://portugues.free-ebooks.net/ebook/A-Menina-Que-Nao-Sabia-Ler
    .
    Abraço!

    ResponderExcluir
  13. Finalmente encontrei alguém que também não tirou a Florence pra personagem preferida. Eu a detestei por fazer tanto drama e confusão, e a amei por ser tão curiosa e pé firme em relação a seus objetivos, mas o meu preferido sempre foi o irmãozinho fofo dela. <3
    Fiquei confusa com o final na hora, mas logo eu vi o que o autor quis fazer com tantas perguntas mal respondidas e isso me deixou feliz, gostei muito.

    Beijos,
    literarizei.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Amei o livro devorei em poucos dias,menos de uma semana...o volume 2 é ainda mais interessantes a forma como ela interpreta seu papel de louca, que na verdade é muito ,mais muito inteligente conseguiu enganar a todos principalmente o "doutor John Sherperd" .....kkkkkk nem sei explicar a sensação maravilhosa de ler este livro, estou aguardado o próximo lançamento....

    ResponderExcluir
  15. Amei o livro! Li o vol 1_e 2 e estou aguardando o vol 3 ansiosamente

    ResponderExcluir
  16. Amei o livro! Li o vol 1_e 2 e estou aguardando o vol 3 ansiosamente

    ResponderExcluir

NEWSletter

Blog Archive