[RESENHA] E se fosse verdade?, de Penelope Ward e Vi Keeland

Postado em 23 de março de 2022 às 06:30

Hey cupcakes! Hoje é dia de resenha do livro E Se fosse Verdade?, da Penelope Ward e Vi Keeland lançado pela Editora Charme, dessa vez é um slow burn de deixar o coração quentinho.

resenha do livro e se fosse verdade da penelope ward e vi keelandTítulo: E se fosse verdade? (Not Pretending Anymore )
Série: -
Volume: 1
Autor(a): Penelope Ward e Vi Keeland
Páginas: 405 páginas
Editora: Charme
Gênero: Romance / Slow burn / Literatura Estrangeira
Sinopse: Encontrar um bom colega de casa pelos classificados não é tão fácil quanto parece. Eu estava começando a perder a esperança. Até alguém bater na minha porta e Deus ouvir minhas preces.
Só que… ãh… prece errada, Deus.
Eu realmente tinha pedido mais de uma vez para o cara lá de cima encontrar um homem lindo de morrer para mim… só que não como meu colega de casa. Por mais que ele fosse divertido e carismático, eu não ficaria confortável morando com um homem, então eu lamentavelmente recusei. Mas aí apareceram cupcakes na minha porta ― recém-feitos por Declan e tão deliciosamente pecaminosos quanto ele. Pode-se dizer que ele era persistente.
Em certo momento, cedi. Não tinha outro candidato viável, de qualquer forma. Além do mais, eu estava interessada em outra pessoa. E Declan, em outra mulher. Portanto, nada aconteceria no quesito romance. Quando ele se mudou, nos tornamos melhores amigos. Até começamos a dar conselhos um para o outro sobre como fazer nossos crushes prestarem atenção em nós.

Eventualmente, Declan teve uma ideia: deveríamos fingir sermos um casal para deixar nossos interesses amorosos com ciúme. Fiquei hesitante, porém concordei, mesmo assim. Para minha surpresa, seu plano maluco deu certo. Agora eu estava saindo com o suposto homem dos meus sonhos, e o meu melhor amigo, com a mulher dos sonhos dele.

Mas havia um problema.
Eu não conseguia parar de pensar em Declan.
Sabe aqueles sentimentos que estávamos tentando fingir?
Pois é… Eu não estava mais fingindo.
RESENHA
resenha do livro e se fosse verdade da penelope ward e vi keeland e

E Se Fosse Verdade? é um livro recentemente lançado pela Charme e eu tinha comprado na pré-venda, mas acabei lendo recentemente e fiquei me perguntando porque não li antes. 

Terei que concordar. Não deveria se sentir presa em um relacionamento. Deveria querer estar lá. Deveria pensar apenas naquela pessoa. Não deveria querer estar com mais alguém.
Pág. 117

Aqui vamos conhecer Molly, que precisa de uma colega de casa, mas todas as opções que aparecem sempre tem algum problema e não são boas o suficiente para dividir a casa com ela. Até que aparece Declan. Ele não informa seu primeiro nome, então o D claramente poderia ser de uma mulher, não? Mas o problema é que ele é lindo de viver, uma graça e ainda faz cupcakes para tentar fazer dona Molly mudar de opinião. O caso é que ele consegue! E aos poucos vão se tornando bons amigos. Só que ambos estão apaixonados por outras pessoas e podem fazer uma combinação para fazer ciúmes para seus interesses românticos... Pode isso dar certo?

Não podemos mudar o passado, mas podemos aprender com ele.
Pág. 163

Vi muitas pessoas reclamando desse livro, falando que é lento o romance em vista de outros livros das autoras. Vi várias pessoas também falando que Declan, o mocinho do livro, é um dos melhores personagens delas e concordo com essa segunda afirmação. Declan tem tudo que a gente gosta: ele é respeitoso, tem várias irmãs e tem um certo cuidado com as mulheres, a irmã dele é uma das melhores personagens do livro e rende ótimas conversas com ele, e o romance, por ser slow burn tem um desenvolvimento muito gostoso que te deixa com a expectativa e aquele apertinho no coração característico. 

Nunca fique longe demais. Se gosta dela, fique na vida dela. Assim, se um dia houver uma oportunidade, não vai perder. Não pode enxergar as rachaduras na parede se estiver longe demais da casa.
Pág. 302

Um slow burn delicioso de ler, Declan é um dos melhores mocinhos da Penelope e da Vi: ele respeita as mulheres, é atencioso e carinhoso. Tem seus problemas, por que , quem não tem? E gosto como as autoras mostram que eles e nem elas são perfeitos e se encontram um no outro. AH, ELE SABER COZINHAR É UM PONTO SUPER EXTRA.

Classificação: ⭐⭐⭐⭐🟊 (4,5)

Você poderá gostar de:

11 comentário (s)

  1. Oie, não conhecia o livro, mas já gostei do protagonista.

    Bjs

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  2. Oi, Pamela. Como vai? Que bom que a
    obra tenha sido de seu agrado, não é mesmo? Slow burn quando bem feito é realmente muito agradável de ser lido. Abraço!



    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Pâm.
    Esse já está na minha lista. Assim que der vou comprar pois tenho lido muito elogios ao livro.
    Bjus

    ResponderExcluir
  4. Oi Pâm! Um mocinho que respeita as mulheres é tudo que há de melhor. Eu já me apaixonei por ele só de ler a resenha. Já quero ler este livro. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Se é mocinho fofo e respeitoso a gente já gosta! hahaha
    Eu prefiro a coisa mais lenta, adoro jogo da conquista.
    Quebra clima demais tu começar um romance e o povo tá no segundo capítulo falando eu te amo kkkkk
    Adorei a dica, Pam!

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  6. O mocinho parece ser encantador, já tô apaixonada no momento em que ele fez cupcakes. Eu amo cupcakes *toma aqui meu coração*
    Operação fazer ciúmes nunca dá certo ou dá só que ao contrário. Adoro livros em que as pessoas demoram a ficar juntos, acho que fica mais verídico eles se conhecerem primeiro e depois ter algo mais hahahah
    Se eu tiver a oportunidade, vou ler sim

    beijos

    https://duquesaazarada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Pamzinha!
    Será que eu to precisando de uma comédia romantica pra voltar a ler?????
    Será que chegou minha hora de embarcar no mundo da Pen Ward e Vi Keeland???????
    AGUARDE OS PRÓXIMOS CAPÍTULOS! ;)
    beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá obrigada pelo teu comentário já sigo o blog.
    Não conhecia fiquei curiosa´
    http://retromaggie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Olá, Pâm.
    Eu li esse livro no começo do mês e adorei. Li ele em um dia. O final é de deixar o coração quentinho, por isso dei nota máxima mesmo não sendo meu favorito delas.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Pam, meu Deus esse livro parece ser maravilhoso! E como resistir a cupcakes hahaha? Anotei aqui e já estou doida para embarcar. E nossa eu amo esses planos, que a gente já sabe no que vai dar, mas a forma como é contada aquece muito o nosso coração. ♥

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
  11. Oie ! Não conhecia o livro, achei bem interessante. Na verdade tem um bom tempo que não leio livros nesse estilo, gosto mais de auto ajuda hahaha.

    www.blogresenhando.travel.blog

    ResponderExcluir