[RESENHA] Hook Shot, de Kennedy Ryan

06:30

Hey cupcakes! Como vão? Hoje é dia de resenha do livro Hook Shot, o último volume da trilogia Hoops, da autora Kennedy Ryan, publicado pela The Gift Box aqui no Brasil.

TítuloHook Shot - A Verdadeira Jogada
Série: Hoops
Volume: 3
Autor: Kennedy Ryan
Páginas: 344
Editora: The Gift Box
Gênero: Romance / Ficção / Literatura Estrangeira

SinopseUm romance profundamente emocional situado nos mundos do basquete profissional e da alta costura.
Divorciado. Pai solteiro. Trocado para um time perdedor. Chifrado, traído, exposto.
Minha vida perfeita explodiu na minha cara e eu ainda estou catando os cacos.
A última coisa que eu preciso é dela.
Uma flor selvagem. Uma tempestade. Uma mulher que eu não consigo resistir.
Lotus DuPree é um chute no meu estômago e problema para os meus planos desde o momento em que nossos olhos se encontraram.
Eu prometi a mim mesmo que não confiaria novamente em uma mulher,
mas eu nunca quis ninguém do jeito que quero Lo.
Ela não é o plano que eu fiz, mas é o risco que eu preciso correr.

Um guerreiro. Um jogador. Aquele que eles chamam de Gladiador. Kenan Ross invadiu a minha vida com um cheiro delicioso, uma aparência ainda melhor e roubando o meu folego desde o momento em que nos conhecemos.
A última coisa que eu preciso é dele.
Eu estou trabalhando em mim mesma. Encarando minha dor e enfrentando meus demônios.
Eu vi o que confiar em um homem pode fazer com você.
Eu. Não. Tenho. Tempo. Para. Isso.
Mas ele continua vindo atrás de mim.
Derrubando as minhas defesas e roubando as minhas desculpas uma por uma.
Ele nunca desiste, e agora... eu não tenho certeza se quero que ele desista.

Continue lendo para conferir a resenha!
RESENHA

Hook Shot é o terceiro livro da série Hoops e eu li com aquele gostinho de saudade desde o início do livro. Não queria largar, não queria ler rápido, não queria que acabasse: gostei tanto de como essa série me arrebatou, que foi difícil dizer adeus, ao mesmo tempo que Kennedy, como nos outros volumes, me fez ficar apaixonada pelo mocinho e pela mocinha do livro. 
Um arco-íris é a ponta do Céu para a Terra.
Aqui, vamos conhecer a história esperada de Kenan e Lotus, que se conheceram lá em Long Shot - você pode ler esse livro separadamente, MAS a sua experiência vai ser melhor se você tiver lido Long Shot e Block Shot, até porque tem a continuação de algumas coisas que aconteceram nos outros livros. Chegou a hora de Lotus parar e analisar para onde seu coração está levando e Kenan... Ele pode estar no meio do caminho para ver a luz novamente. 
Fé deveria nos dar esperanças, não retirar.
Pág. 110
Enquanto ambos passam por mentes turbulentas e corações vazios, talvez eles possam preencher, aprender a se (re) conhecer e, talvez, através de uma amizade, fazer a flor do amor finalmente amadurecer. Isso se Lotus deixar ele chegar perto do seu coração frio... Quem sabe ele não tenha o calor para derreter esse gelo?
Desligar-se emocionalmente é uma medida de proteção. Poderia ser um mecanismo de defesa, porque você está com medo de confiar em alguém com algo a mais, especialmente se tiver sido traída por alguém em quem deveria poder confiar, como um membro da família ou... quem quer que seja.       Pág. 97 
De verdade? Eu não sei o que esperava do terceiro volume de Hoops, mas certamente não era com o que me deparei: foi muito melhor do que eu imaginava! Eu ri, eu chorei, eu senti, me deu arrepio, me fez sentir as palavras de Kennedy Ryan. Temos espiritualidade, amor, trauma, passar por situações que não queremos que se repitam, medo de se envolver outra vez, amizade, família, união... Uma enxurrada de lições que vão sendo jogadas por frases, atitudes e desenvolvimento bem gostoso. Ah! Tem várias cenas quentes nesse livro também 🔥
Não acho que nenhum de nós está pronto para isso, mas, foda-se, vou fazer de qualquer jeito.
Pág. 134
Lotus é uma personagem, me desculpem a palavra, FODONA, o tipo de garota que você gostaria de ter na família e como uma grande amiga. Ela é sensitiva, tem seus demônios mas também sabe muito bem como impor a sua força de mulher e de sua personalidade e essência de forma magistral. Kenan Ross já passou por poucas e boas nessa vida, mas ele está disposto a uma boa oportunidade... Se essa for a verdadeira jogada da sua vida. Ele é gentil, educado e um HOMÃO surpreendente. Gosto de como ele é direto e impõe o que quer, respeitando sempre a mulher, sempre, sempre. Saudades de Iris e Banner? Elas tem suas participações especiais, assim como August, ai ai...
 

Recomendo muitíssimo a série Hoops pois trata de temas muito importantes para a sociedade e, principalmente, para a mulher, pois a autora conversa com o coração de forma muito empática, apaixonada e vibrante, além de mostrar e resgatar a força do "ser humano frágil" que prova ter seu valor de uma forma muito forte e bonita. Além disso, os mocinhos dos livros lutam e mostram o que querem, sem essa de joguinhos, e acho muito legal como eles chegam nas mocinhas. Enfim, recomendo muito! E eu, me vi apaixonada e agora quero muito ver jogos de basquete!
Não posso desfazer o sangue em minhas veias.

Resenhas da Série:
#3 Hook Shot
Classificação: ⭐⭐⭐⭐⭐



Você também pode gostar

8 comentário (s)

  1. Amei a resenha. Essa série parece tão boa, vou ver se leio depois.
    beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Pam, tudo bem?
    Não me identifico muito com esse tipo de romance e confesso que as capas me afastam um pouco rs.
    Mas é muito bom quando o livro supera as expectativas, né? E deu pra ver que esse conseguiu surpreender você positivamente!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Prih!!!
      poxa vida kkkkkkkk
      mas é verdade! Você espera algo e sai ainda melhor do que o esperado :D
      mt bom!

      Excluir
  3. Oi Pâm,
    Confesso que a premissa do livro não me chamou a atenção, pois não sou muito apegada a romances, mas, eu amei o fato de o enredo proporcionar inúmeras sensações e sentimentos ao leitor, ainda mais trazendo algumas lições e se tratando de assuntos relacionados a mulheres. Talvez eu dê uma chance à série por que ela não enrola, haha. Não suporto romances melosos #prontofalei.
    Amei a resenha amiga, como sempre, super bem escrita.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Leslie!
      Verdade!!!São temas importantes, e o primeiro é muito forte ,já falo de cara rsrsrs
      Não enrola nao, eles sao bem diretos KKKKKKKK
      obrigada querida!

      beijoss

      Excluir
  4. Oi Pamzinha,
    Vou terminar de ler essa série por sua causa! Eu gostei muito de Long Shot mas foi uma leitura mais pesada, surpreendente sem dúvidas, mas mais lenta e cheias de desconfortos. É um livrão! Não tenho dúvidas que Hook Shot vai ser na mesma pegada de intensidade!
    beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oie Alê ♥
      Leia sim!!!!!!!!!!
      Long Shot é o mais pesado, Block Shot é mais leve e o Hook Shot traz um outro tema tenso também , me conta o que você acha do Jared HEHEHEHEHEHEHE

      Excluir

Like us on Facebook

Translate