[RESENHA] Eleanor & Grey, de Brittainy C. Cherry

Postado em 29 de julho de 2020 às 05:07

Hey cupcakes! Hoje é dia de resenha do livro Eleanor & Grey de Brittainy C. Cherry publicado pela Galera Record na terceira caixa da Carina Rissi e também disponível na Amazon, gratuito no Unlimited. Que tal conferir sem spoilers?

Eleanor & Grey, de Brittainy C. Cherry
Título: Eleanor & Grey
Série: -
Volume: 1
Autor: Brittainy C. Cherry
Páginas: 402
Editora: Kindle Edition
Gênero: Romance / Drama / Literatura Estrangeira

Sinopse:  Quando me apaixonei por ele na juventude, eu não sabia muito da vida. Sabia dos sorrisos dele, das risadas dele, do frio na barriga que sentia quando ele estava por perto. A vida era perfeita... Até que deixou de ser, e fomos forçados a seguir caminhos diferentes. Abandonei minha primeira paixão, me agarrei a nossas memórias e sonhei com o dia que o encontrava de novo. Mas, quando meu sonho se tornou realidade, não foi como eu havia imaginado. Aquele garoto do passado tinha se transformado em um homem frio, solitário e desapegado. O sorriso e a risada que eu tanto amava tinham desaparecido, agora são apenas lembranças distantes. Cada parte dele estava coberta por uma nova dor. Como eu gostaria que esse reencontro fosse um segunda chance com a pessoa que havia deixado sua marca em mim...De alguma forma, eu queria poder deixar uma marca na alma dele também.

Continue lendo para conferir a resenha completa!

RESENHA
Eleanor & Grey tem uma linda história de amor - assim como tinha que ser, por ser Brittainy C. Cherry, que sempre traz histórias com drama, personagens machucados pelo tempo e que se reconstroem com todas as suas feridas.
eleanor e Grey brittainy cherry

Eleanor é uma garota tímida e bem "antissocial", que prefere seus livros, ficar com seus pais e ter uma vida tranquila, além disso, ela quer usar seu tempo para ler o novo livro lançado do momento: Harry Potter e Ordem da Fênix. Mas seus planos mudam quando Shay, sua prima, a chama para uma festa e seus pais insistem para que ela vá se divertir um pouco... E está tudo bem. Até que ela chama a atenção de um dos caras mais populares do colégio com seu livro e sua clara mensagem de "não chegue perto de mim": Greyson East. Poderia ser qualquer outro clichê que encontramos por aí, mas de uma forma singela e natural, Grey mostra um lado que nunca deixa ninguém ver e ela percebe que a superfície não é tudo que ele é. Só que ela não poderia imaginar que o futuro pudesse reservar uma outra história para os dois... Ah, e isso pode surpreender a todos de uma forma inimaginável, quando, anos depois, o destino e o tempo revelam uma surpresa para ambos.
Time had the ability to change relationships in ways we never thought possible.
O tempo tinha a capacidade de mudar relacionamentos de formas que nunca pensamos serem possíveis.
Gostei especialmente (lembro de Deus em A Cabana falando isso hahaha) dos personagens que conhecemos aqui. Me identifiquei com Eleanor, porque ela é um apaixonada por livros, pelo efeito que as palavras tem. Ela age com o coração, apesar de ser direta e reta naquilo que precisa ser feito e tem um coração de ouro. Greyson vai se revelando aos poucos - mágoa do passado, atitudes e a culpa - o que pesa no seu peito e é impossível não querer abraçá-lo, não querer carregar as dores, não somente dele, mas de cada personagem novo que aparece aqui.
Nothing in life is personal, not really. Some people will love you for who you are today, other will hate you for it, and none of their opinions matter either way - not the good or the bad. Only you can define who you are. No one else has that right.
Nada na vida é pessoal, não de verdade. Algumas pessoas vão te amar por quem você é hoje, outras vão te odiar por isso, e nenhuma dessas opiniões importam - nem as boas ou as ruins. Apenas você pode definir quem você é. Mais ninguém tem esse direito.
Além deles, vamos conhecer Landon e Shay, que dão subsídios para a duologia que vem após Eleanor & Grey, e são personagens com um passado que contarão sua própria e duas garotas pra lá de especiais que prefiro deixar na incógnita, já que a sinopse brasileira revela muito menos que a sinopse americana (OBRIGADA, Record), mas posso dizer que tem seus próprios demônios e alívios que dão um desenrolar interessante e envolvente para a história.
That was something that happened with aging - the older you were, the scarier life became.
Isso foi algo que aconteceu com a idade - quanto mais velho você estava, mais assustadora a vida se tornava. 
Os personagens são singelos e intensos ao mesmo tempo - a simplicidade e pureza com que o amor é tratado, se colocar no lugar, respeitar o próximo, ter o tempo e a capacidade de amar... É uma das coisas mais bonitas que eu já li com toda a certeza. Assim como toda a obra da autora, ela deixa aqui lições sobre o amor, amizade, família, o perdão - não somente do outro, mas o seu próprio. Além do quê de nostalgia, e me fez lembrar e deixar com vontade de reler Harry Potter outra vez. Aproveitei para fazer uma foto bonita com os livros do meu último box da saga e bater aquela saudade.
A mother's love can always heal her daughter's heart with simple kisses in the wind.
O amor de uma mãe pode sempre curar o coração de sua filha com simples beijos no vento.
Algo a se falar sobre o livro, é que comprei a nova edição que foi lançada pela Galera Record, apenas algumas semanas depois de ter matado minha saudade da autora e ter lido em inglês (poxa, Galera KKKKKK), mas consegui ler o livro em inglês, apesar de algumas dificuldades minhas em alguns pontos e diria que dá para ler tranquilamente - eu leio mais lentamente, mas mergulhei completamente na história. Não encontrei grandes erros, mas encontrei grandes frases que me davam grandes tapas na cara e aquele chacoalhão para aproveitar a companhia das pessoas e dizer a elas, aproveitar as amizades, mostrar a importância e aproveitar o momento e tempo que temos enquanto estamos aqui. Além do mais, esse livro traz uma temática pais e filhos interessante e muito bonita de se acompanhar e de deixar o coração bem apertadinho.
Sometimes the best love stories are about those who waited.
Às vezes as melhores histórias de amor são sobre aqueles que esperam.
Se você gosta de um drama maravilhoso recheado de perguntas e respostas, personagens machucados que mostram que o tempo às vezes pode ser um bom remédio (não todo, mas uma boa parte dele) e referências, Eleanor & Grey é um livro para se aproveitar, sentir o coração apertadinho e depois aquele abraço quentinho em seus braços com cada revelação. Cada hora é uma surpresa e me vi emocionada com a história que temos aqui. É sempre difícil pra mim fazer uma resenha da Brittainy, mas deixo minha última nota sobre ele: uma linda história sobre perdão, recomeços, reencontrar o passado e lidar com esse futuro.

Classificação: ⭐⭐⭐⭐⭐😍


Disponível no Kindle Unlimited!

Você poderá gostar de:

16 comentário (s)

  1. adoro esses personagens que tbm sao apaixonados por livros. parabens por ler o livro em ingles, to querendo tentar por aqui tbm

    www.tofucolorido.com.br
    https://www.instagram.com/liviaalli/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Pâmela como vai? O enredo deste livro parece-me um prato cheio para os fãs de romance dramático não é mesmo! Que bom que a leitura lhe agradou ao ponto de você ter favoritado a obra. Muito boa sua resenha. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu tô completamente apaixonada nos quots do livro.

    Confesso que quando comecei a ler pensei em ser um clichê bem clichê, mas agora tô curiosa para ler o livro hahahaha.

    Beijinhos,
    Renata

    ResponderExcluir
  4. Oi
    acredita que ainda não li nada da autora, preciso tomar vergonha na cara e ler,
    parece ser uma boa leitura e estou vendo a capa Nacional nas redes sociais e super quero ler, que bom que conseguiu ler em inglês e gostou da história.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Achei legal vc ter lido o livro em inglês, pois eu já tentei, mas nunca consigo me conectar à história como se fosse lendo no meu idioma. E confesso que não curto livros de drama e esse me pareceu um pouco clichê, mas sempre ouço falar muito bem dessa autora, o que me faz querer sair da minha zona de conforto e conferir a escrita dela.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  6. Achei bem legal a proposta, com certeza é um tipo de livro que adoraria ler. Romances que nos fazem mergulhar nos personagens são sempre bem-vindos ♥

    Beijos
    http://www.leiapop.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Pâm, tudo bem?
    Confesso pra você que não sou muito de ler romances dramáticos, mas curti bastante a resenha. Acho que também me identificaria com a protagonista, apesar de não me considerar tão tímida/antissocial.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  8. Que bacana o livro e tudo o que ele lhe provocou, Pâm! Não conhecia a autora e sua obra. Gosto de dramas, melhor ainda quando eles tem esses trechos que marcam tanto a gente, que nos proporcionam realmente uma mensagem pra vida. Gostei bastante da resenha.

    Abraços
    https://monautrecote.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Pam, eu assinava a caixinha da Carina Rissi, mas como não tava lendo os livros... Acabei deixando a assinatura de lado! Enfim, eu não compraria pela capa. Porém, ler a sua resenha já aqueceu o meu coração e quero ler depois sim. ♥ Já fiquei impactada com os quotes que você selecionou e essa história tem cara de ser aquela que a gente anota vários e vários trechos hahaha. :)

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Pamzinha!

    Comecei a ler animada a resenha, vendo a protagonista sendo gente como a gente, e desanimei total com o par dela sendo "o mais do mesmo", cara popular que se faz de bonzão e no fundo tem passado trágico etc. Eu curto esse tipo de drama, mas acho que por já ter lido tantos, perdeu um pouco a graça. Só fico curiosa ainda por todos os seus elogios e por destacar o quão é boa a obra. Vou deixar a dica anotada, porque apesar dos clichês pelo jeito vale super a pena ler!!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. AAAA TENHO QUE VOLTAR PARA OS ROMANCES, SOCORRO!
    Eu leio as resenhas positivas de livros de romance e fico querendo voltar pro gênero mas não sei o que me impede kkkk acho que também me identificaria com a Eleanor por ser amante de livros. Quanto a esse boy... abraço coletivo? kk

    Abraço ♥,
    Larissa - Blog: Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
  12. Oi Pam,
    Eu sempre penso que tenho esse no Kindle, mas é o Art & Soul, acho hahaha
    E, nossa, somos todos Eleanor! Se bem que esse tipo de boy eu dispensaria. Certeza que ia escolher os livros.
    Mesmo assim quero conhecer o romance e curtir os pontos mencionados.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  13. QUE RESENHÃO!
    Eu estou maluca para ler esse livro, sério! Você falando dele parece que vai ser o tipo de livro que eu vou ler em uma sentada e sair distribuindo corações por aí depois. Vai ser um dos meus favoritos, estou apostando!
    Deu até uma saudade de ler algo da Brittainy...
    beeeijos Pamzinha
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Adorei a resenha, amo leituras delicadas assim e um romance lindo e sincero no meio, parece um livro ótimooo! Eu tenho muita vontade de ler um romance em inglês mas não passo de livros infantis hahahaha
    Beijoss, Blog Seja Agridoce ♥️♥️♥️

    ResponderExcluir
  15. Vou procurar no kindle se está disponível adorei

    ResponderExcluir
  16. Oi Pam,

    Nem preciso dizer que amo demais essa autora.
    Nem sabia do lançamento desse livro por aqui, mas quero para ontem hahaha.
    Landon e Shay eu tenho o e-book, mas vou ler esse primeiro e já sinto que vou amar!


    Bjs
    https://diarioelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir