[RESENHA] Eastern Lights, de Brittainy Cherry

Postado em 17 de fevereiro de 2021 às 00:00

Hey cupcakes! Hoje é dia de resenha do livro Eastern Lights de Brittainy C. Cherry publicado na Amazon hoje (17/02), gratuito no Kindle Unlimited. Que tal conferir?

Título: Eastern Lights (Luzes do Oriente)
Série: Compass Series
Volume: 2
Autor: Brittainy C. Cherry
Páginas: 422
Editora: Kindle Edition
Gênero: Romance / Drama / Literatura Estrangeira

Sinopse:  I once met a man on a cold Halloween night. He dressed as a superhero, and I dressed in red. For one night, I was his break from reality, and he was the temporary fix for my broken heart.
Two years later, I was given the opportunity of a lifetime to become a senior editor at one of the biggest magazine companies in the world. The only catch? Nail an exclusive interview with New York’s finest bachelor: Connor Roe.

To the rest of the world he was becoming one of the wealthiest men in New York City. To me, he was simply my once upon a time superhero.

My job was to get an exclusive interview with New York’s hottest bachelor. Never in my life did I expect him to want an exclusive with my heart, too.

The only problem with my growing feelings for him? I was set to marry his new business partner.

Continue lendo para conferir a resenha completa!

RESENHA

Eastern Lights é o novo livro da autora Brittainy Cherry, o segundo volume da série Compass e aqui vamos conhecer a história de um personagem apresentado em Southern Storms, mas os livros dessa série são standalone, o que quer dizer que, mesmo que esteja dentro da série, pode ser lido separadamente. Vamos lá?
Once you opened the door to the world of media, they thought they deserved the right to flood into your privacy whenever they wished.

Uma vez que você abre a porta para o mundo da mídia, eles acham que eles merecem o direito de mergulhar na sua privacidade do jeito que querem.
Você já imaginou que uma noite de halloween poderia mudar completamente sua vida e seu futuro? Quando Alilyah, uma moça que ama quadrinhos e certamente não escolheria sair em uma noite assim. encontra Connor em um halloween, em uma situação completamente inusitada, vestida de Chapeuzinho Vermelho e ele de Capitão América, a moça não pensava que pudesse ter o destino cruzado com um homem com jeito de herói, e nem que ele fosse um garoto do interior, apegado à mãe e piadas ruins, mas o melhor de tudo? Com um coração tão lindo , que não cabe dentro do peito. Quando a realidade está muito distante, o melhor é aproveitar ela antes que as luzes do amanhecer apareçam? Valeria a pena fugir da realidade por uma noite e depois lidar com ela nas consequências de muito mais que "o dia seguinte"?
Sometimes you have to be afraid of the things you love in order to make sure you don't ever lose tem again.

Às vezes você precisa ter medo das coisas que você ama para garantir que nunca mais as perca.
Dois anos depois, a vida real pode atingir com a força de uma bala quando, Lia, agora mais velha, encontra o rapaz que um dia estava vestido de super-herói... E agora ele é o parceiro de negócios do seu noivo. Mas muitas coisas podem acontecer e transformar de vez a vida de Alilyah de uma maneira que ela certamente não estava imaginando.

Essa foi uma história que Brittainy tocou meu coração com os dedos suaves e um abraço quente: cada palavra de Connor era como mel, cada sorriso que ele provocava, eu ria junto e jurei que ele poderia ser real em diversos momentos, mas isso também porque a história PODE ser real e gosto muito como o destino e o acaso podem dar conta de juntar duas almas perdidas e machucadas, o que me leva a crer que tudo tem o tempo certo para acontecer.
I'm afraid of the forever kind of love, because with love comes loss, and nothing truly lasts forever.

Eu tenho medo do amor do tipo para sempre, porque com o amor vem a perda e nada realmente dura para sempre.
Enquanto The Element Series as histórias não são ligadas, em Compass Series as histórias são, e o Connor que está em Southern Storms... Bem, é a vez dele de ter a história contada. No entanto, os livros podem ser lidos separadamente, sem problemas, mas alguns personagens do primeiro livro podem ser mencionados aqui.
But the forever kind terrifies me, because I know how much it can hurt when it goes wrong.

Mas o tipo "pra sempre" me aterroriza, porque eu sei quanto isso pode machucar quando dá errado.
Este foi um livro diferente pra mim e me trouxe muitos sentimentos e ideias, sensações: o amor, não só de forma romântica, o perdão, como as pessoas podem tratar outras tão mal para chegar a algum lugar em benefício próprio, como a gente pensa que não merecemos algo melhor. Connor e Lia me fizeram sorrir e amar, Damian me fez rir e me deu uma vontade forte de abraçá-lo e Grant me fez chorar. E ainda algo que EL me trouxe: encontrar paz no silêncio de palavras não ditas, apenas sentidas.
Give me the chance to make you fall in love with me before the sun comes up in the next.

Me dê a chance de fazer você se apaixonar por mim antes que o sol nasça.
Eastern Lights é um livro que vai te fazer sorrir, rir bastante, mas também vai apertar seu coração, para depois te abraçar e soltar esse aperto como se fosse tirada toda a dor com algumas palavras, porque as palavras tem o poder se nos dar o sim e o não, de nos fazer seguir em frente, de nos transformar e mudar as coisas em nossas vidas. Outros pontos que são tema do livro? Amor próprio, família, valorização dos relacionamentos, doenças (não vejo como gatilho, as cenas não são descritivas demais, por assim dizer), sonhos e o peso e a destruição que pode acontecer com eles. Super recomendado!

Classificação: ⭐⭐⭐⭐⭐🤩


Você poderá gostar de:

Seja o primeiro a comentar!