[RESENHA] International Guy - Paris, de Audrey Carlan

Postado em 11 de maio de 2020 às 06:15

Hey cupcakes! Hoje é dia de resenha do livro International Guy da autora Audrey Carlan,publicado pela Verus

Título: International Guy - Paris
Série: International Guy
Volume: 1
Autor: Audrey Carlan
Páginas: 167
Editora: Verus
Gênero: Romance / Erótico / Literatura Estrangeira

Sinopse: International Guy é a agência de Parker Ellis, um dos maiores especialistas do mundo em vida e amor, que tem como missão ajudar as mulheres em questões tão diversas quanto se sentir sexy e poderosas, aprender a administrar um império empresarial ou conquistar o homem dos seus sonhos. Parker e seus dois sócios atendem mulheres ricas do mundo todo, como atrizes de Hollywood, membros da realeza e CEOs de multinacionais bilionárias. E, às vezes, eles não podem evitar que as coisas esquentem e vão parar na cama de suas clientes. Literalmente. Parker adora sua vida de playboy e não está procurando compromisso. Afinal, há um mundo inteiro à sua frente: os negócios o levam de Paris a Milão, de Berlim ao Rio de Janeiro. Mas, conforme ele pula de cidade em cidade — e de cama em cama —, é possível que acabe encontrando mais que sexo ao longo do caminho... Neste primeiro volume, a International Guy vai a Paris para ajudar uma jovem herdeira a assumir o controle da própria vida.

Continue lendo para conferir a resenha sem spoilers!
RESENHA
Dia de resenha da minha experiência audiobook do livro International Guy - Paris, disponível na Autibooks pela Verus EditoraSophie Rolland é uma moça tímida que tem uma grande fortuna e uma grande empresa para gerir, mas ela não tem a força e nem age de acordo para isso, e é por isso que paga uma fortuna para se tornar "digna" e ter uma cara de uma verdadeira CEO de respeito, e é aqui que você entende o por que do título do livro. Parker Ellis, juntamente com Bo e Royce, gerenciam a companhia International Guy, que basicamente ajuda grandes ícones e empresários/as a se encontrarem no seu verdadeiro papel para terem forças para assumir e alavancar seus respectivos negócios. Mas se ela é uma cliente com grande potencial e quase 1 milhão investidos... Parker não deve ter mais que negócios com a sua cliente, não é mesmo?

Parker é o narrador desse que eu posso chamar de conto, porque o livro original ainda passa por mais dois destinos que aqui não foi narrado, mas eu confesso que não gostei muito dele, apesar de imaginá-lo muito "interessante" na minha cabeça porque ele é prepotente e arrogante, apesar de ter um pouco de noção sobre as mulheres. Sabe que é bonito, que tem poder sobre as mulheres, mas não quer ultrapassar uma barreira invisível com a cliente. Ah, que bobagem, não é mesmo?
Quando comecei esta história com Sophie, eu não tinha ideia de que me sentiria tão ligado a ela.
É interessante que o livro seja narrado por um homem no audiobook (lógico que seria!) e que ele interprete o personagem, porém o personagem não é lá essas coisas, como eu disse aí em cima, mas gostei da experiência de ter lido uma ficção no audiobook e acho que super leria outros tipos de livros. O que senti falta mesmo foi que existem alguns termos e palavras em outros idiomas que não são traduzidos no áudio, o que imagino que seja traduzido no livro de papel, então fiquei meio perdida, tentando entender o que ele tinha dito. Em relação ao entendimento, por ser um audiobook não acho que o entendimento fique perdido. Consegui imaginar as cenas e cenários com facilidade - alguns não porque são coisas tão caras que vai muito além da minha possibilidade monetária (desculpe, mas eu não pago mais de 300 reais em três batons, mas claro que vai de gosto, né rs).
Eu gosto quando a mulher se conhece e não tem medo de se apresentar ao mundo como ela é.
Gostei muito de Sophie no início, mas acredito que a personagem se perdeu um pouco no decorrer do livro. Eu gosto do jogo da sedução entre os personagens e pra mim foi rápido, não dá nem tempo de aproveitar. Aqui não temos muito Bo, mas gosto como ele é ousado e direto - devo dizer que, de princípio, no lugar da personagem, eu acho que eu daria um belo tapa na cara dele, assim como de Parker, mas depois ele se mostra muito perspicaz e observador. Apesar de tudo isso, certamente International Guy não é o meu tipo de leitura, mas se você gosta de livros curtos com uma pegada hot com homens inteligentes e sedutores, e muitos gatilhos sensuais, pode encontrar aqui um prato cheio.

Classificação: ⭐⭐⭐



Disponível no Kindle Unlimited!

Você poderá gostar de:

8 comentário (s)

  1. Oi, Pâmela como vai? Eu li aquela série do calendário que foi escrita por esta autora e não gostei, aliás aqueles livros foram minhas piores leituras do ano passado. A leitura foi tão fraca que eu nem terminei esta série, li somente os 2 primeiros volumes, ou seja Janeiro e Fevereiro. Não iria conseguir ler 12 livros de pura mesmice. O pior de tuo é que eu tenho esta série completa na minha estante. Irei me desfazer dela doando-as. Contudo tenho de esperar esta quarentena interminável cessar. Que pena que o livro não tenha lhe agradado por completo. Abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, então
      eu nem li aquela kkkkkk
      PUTS
      sabe o que vc pode fazer? Trocar eles no skoob ou trocar num sebo da cidade... vc vai trocar por outra leitura que goste mais :D
      Espera mais um pouquinho que logo logo tudo volta ao normal, se Deus quiser!

      Excluir
  2. Confesso que esse tipo de leitura não me agradaria muito, mas para quem gosta do gênero, com certeza vale a pena! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  3. Esse não é o tipo de leitura que estou habituada, mas penso em comprar um bom título do gênero para ter a experiência! Amei a resenha <33
    Beijoss

    Primavera Agridoce ♥️♥️♥️

    ResponderExcluir
  4. Estou amando ler seus posts... vou até salvar em favoritos!


    Meu Blog: resultadovalesorte.net

    ResponderExcluir