[RESENHA] Depois de Você, de Jojo Moyes

Postado em 12 de junho de 2016 às 00:24 por

Cupcakes, como vão? Hoje trago a resenha de um livro especial.
Não sei se vocês sabem, mas em Junho será lançado o filme do livro "Como eu era antes de você"  (o que na verdade, já lançou!) que eu já resenhei aqui faz um tempinho, e junto com o lançamento do filme, a autora publicou o livro "Depois de Você", a continuação daquele livro arrebatador. E hoje é dia de resenha dele aqui pra vocês. Vamos lá?

Sinopse: Com mais de 5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, Como eu era antes de você conta a história do relacionamento entre Will Traynor e Louisa Clark, cujo fim trágico deixou de coração apertado os milhares de fãs da autora Jojo Moyes. Em Depois de você, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la. Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.


RESENHA
Muita gente vai atrás da própria felicidade, sem pensar no estrago que deixa para trás.
Antes de tudo, se você não leu Como eu era antes de você, recomendo que leia apenas os dois últimos parágrafos e os quotes desta resenha, do restante, pode conter spoilers caso não tenha lido e bem, estou avisando porque tem pessoas que não gostam de ler spoilers (vulgo eu) e pode ser desagradável, né? Lembre-se que eu avisei - tentei pelo menos rs
Bem, então vamos ao que interessa, né?
Ninguém é realmente livre. Talvez toda liberdade – física e pessoal – só viesse às custas de outra pessoa ou outra coisa.
Depois dos acontecimentos de Como eu era antes de você, somos mais uma vez apresentados a Louisa, a nossa querida Lou, que tanto amei e tanto me encantou no prequel. Neste volume, no entanto, vemos uma Lou muito semelhante ao início do primeiro livro - muito mais na questão do que seguir na vida - , só que dessa vez, ela está morando sozinha, longe de seus pais, em um apartamento em Londres, sendo garçonete em pub no aeroporto. Acho incrível como a Jojo nos faz ver através dos olhos da Lou, vidas passando perto dela, a correria, e a peruca, claro. A Lou que encontrei aposto que levaria uma bronca do Will Traynor (eu imaginei ele dando broncas nela pela situação rs), mas quem pode entender como é a perda para alguém? É diferente pra mim, é diferente pra você e eu não a culpo por ela estar onde está. E é aqui que vamos encontrá-la, porque afinal, a vida continua.. Não?
Sinto falta daquela capacidade de simplesmente perguntar: ‘Ei, o que você acha disso?’. E saber que o que ele dissesse provavelmente seria a coisa certa.
Louisa está muito mais solitária e em uma vida pacata. Por vezes, é pega em momentos tristes, culpando a Will, culpando a si mesma por N coisas. Em certas vezes, era possível ouvir a voz dele na cabeça dela, e isso foi o que me fez emocionar diversas vezes, simplesmente porque a Jojo construiu um dos meus amores literários mais lindos. Mas voltando! Num desses momentos de torpor triste, Lou cai do terraço, por beber muito. Mais tarde saberemos o que ocorreu do momento da queda até o hospital, mas é aí que ela conhece Sam, um paramédico muito gentil e doce que a ajuda diversas vezes, e ela encontra nele certa semelhança com sua situação.
Às vezes reparo na vida das pessoas à minha volta e me pergunto se não estamos todos destinados a deixar um rastro de estrago.
Nesse ponto, Louisa percebe que precisa dar continuidade a sua vida, seguir em frente, onde encontra um grupo de pessoas que querem fazer o mesmo, lidando com o luto e a perda. Novos personagens e também membros do grupo são apresentados aqui e estimulam Lou, com seus biscoitos ruins e incitando coragem para que ela invista em Sam. Mas em meio a tudo isso, um personagem surge do passado de Will, que deixa seus planos de seguir em frente mais uma vez de pernas para o alto, realizando outra mudança em seu futuro. Não, não vou contar quem é! 
Nenhum de nós segue em frente sem olhar para trás. Seguimos em frente levando aqueles que perdemos.

Em vista do primeiro livro, gostei muito pouco dos personagens regulares neste, senti falta dos pais dela e da aparição constante da irmã e até do Thomas. Sra Traynor nem se fale! Queria que acontecesse algo mucho louco como eu li em "Uma Curva no Tempo" só para desfrutar um pouco mais de um certo rapaz de risada sarcástica e humor negro que tanto me apaixonei.  Não posso dizer que não é um livro bonito, pois é; um livro sobre seguir em frente, sobre perdas e sobre a vida acontecer, a vida continuar mesmo quando alguém que gostamos demais deixa de respirar, mas sabe aquele pedacinho que falta no peito? Foi exatamente assim que me senti em uma das cenas finais - queria também que houvessem palavras em certo momento no final. Em todo o livro.Quando a Lou estava com ele na cabeça e se questionava com culpa sobre algumas coisas, eu me pegava pensando também na culpa, que era possível ver - corroía não só o peito, mas a alma e todo o coração. Por muitas cenas eu queria que ela deixasse x personagem de lado, mas essa é a boa Lou, pessoal. Como eu poderia esperar menos dela? Aliás, se você leu, adoraria conversar com você sobre o livro porque muitas coisas ainda ficaram aqui na cabeça depois da leitura.


Entenda. Eu gostei de "Depois de Você", mas é um livro adicional, sem sombra de dúvida. Não "só um livro adicional". Não assim. O primeiro continua sendo o amor da minha vida todinha. Tem livros que eu acho que não precisam de uma continuação (a menos que... aconteça algo realmente impossível, como eu queria muito que tivesse ocorrido no primeiro livro) e "Como eu era antes de você" é um desses, na minha humilde opinião de leitora apaixonada. Contudo, eu posso te afirmar: esse livro tem uma essência diferente que eu me vi devorando de uma forma contida, apreciando a dor, a força, e a luta que são retratadas de uma mulher, uma jovem mulher que adquiriu um olhar diferente sobre a vida. 


Sabe aquele livro que você vê que te faz querer apreciar mais a vida, aproveitar o momento e dar mais valor a quem você tem do seu lado ou que te dá valor? É esse. Sabe aquele livro que te faz ver como é seguir em frente mas não exatamente no "seguir em frente", mas guardar um pedacinho no seu coração e viver? É esse. Jojo, sua linda, mais uma vez você nos trouxe uma história bela de superação, uma forma de seguir em frente e fazer querer abraçar a autora. Confusa minha opinião? Talvez. Mas esses livros dela me trazem uma carga emocional muito forte, e eu fico realmente mais introspectiva e absorvendo e aplicando na minha vida essas coisas. É esse o poder das palavras, pessoal (ê marcador do blog!). Não é verdade? Ah e essas palavras ao vento...

Bem, ainda na certeza de que não disse tudo, me despeço e até a próxima resenha!



Você também pode gostar de:

6 comentários

  1. Ooooi Pâm!!! Como você está?
    Sobre 'Depois de Você' ser um livro adicional: sim, é verdade. Não é algo que supere o CEEADV, porém foi algo muito respeitoso ao Will e deu um final bonito a Lou. Gostei, mas nem cheguei a me emocionar.

    X-Men: Com Lucas Till na tele quem olha para JLaw? HAHAHAHAHHAHAAHA Mas sim, o LP me explicou a cena pós créditos, porque eu fiquei perdida. Porém, X-Men é o tipo de filminho água com açúcar né? Não marca, não é aquele tipo de falamos por diiiias como Guerra Civil. E por falar em 'Guerra Civil'... No livro, você acha o Capitão meio vilão... Mas não é por ele ser pouco 'mostrado'? O Homem de Ferro reina no livro, até o quarteto fantástico aparece mais que o meu mozão.

    Sobre GOT: TE ADMIRO! Quero ser que nem você quando crescer. Fugindo de spoilers e sendo forte. Eu sou daquelas que precisa de spoilers depois de assistir, porque as vezes parece que eu perco umas partes e fico sem entender, HAHAHAHA. Não sei o nome de todo mundo, admito que sou uma negação para isso então as vezes preciso voltar e ver de novo para entender, HAHAHAHAHA. Sou loira, poxa vida, não me zooa!

    Sério que a Record cortou Mr.Robot? Ainda mais que eu não vi! Vou tentar me atualizar agora que Arrow/Quantico/Legends terminaram. E olha que Flash já estou quase desistindo... Apareceu o tal Savage e eu já senti vontade de chorar. Enrolação começou e eu não consegui vencer Legends para passar por isso, né? Pelo amor!

    E sim, Orphan Black só 10 episódios e são tipo season finale, você se vicia e acaba rapidinho. Reign e The 100 com temporadas maiores me dão preguiça também.

    Sobre Outlander: Sim, termine o tio George R.R.Martin primeiro e Julia Quinn vai ser uma pluma depois, HAHAHAHA. Se eu te falar o quanto chorei no episódio 02x07, eu já sabia o que acontecia, mas eles me surpreenderam DEMAIS. Eu não parava de chorar, o episódio acabou e eu continuei. Acho que ainda não superei...

    E as provas já acabaram???? *TODOS COMEMORAM*
    Com a banca, você vai arrasar, tenho certeza que você vai se sair muito bem e logo estará de férias.

    Deixa eu te perguntar... Você quer 'A Garota do Trem' em epub? Chama inbox ;) HAHAHAHAHHAA

    E com certeza semana que vem 'Como Eu Era Antes de Você' *-* Vou tentar ir no sábado, uma pena que ainda não saiu os horários das sessões.

    Beeeeijos minha linda, vamos nos falando...
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. PAMPAMPAM

    eu tô me sentindo super desatualizada porque ainda nao li esses livros! HAHAHA na verdade, eu tenho vontade de ler sim, mas sempre espero o preço dos livros de lançamento dar uma baixadinha pra poder comprar. COmo leio muito, sou daquelas que sempre compra os livros mais baraténhos pra comprar muitos e nunca ficar sem leitura HAHAHA

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Pâm, tudo bem?

    Eu ainda não li Como eu era antes de você, mas, como já me contaram o final, não me importei com os spoilers do livro na sua resenha e li assim mesmo. Parece que ninguém gostou de Depois de você tanto quanto do primeiro, e isso de certa forma é até compreensível, mas acho que talvez tenha sido culpa da autora por não conseguir criar um "herói" tão carismático quando o Will - e isso é o que me deixa receosa de mergulhar nos livros. Suponho que seja difícil pra caramba superar um personagem como ele, mas em outro livro que li com morte no fim a sequência me surpreendeu um milhão de vezes, então, enfim, acho que tenho o direito de esperar sempre o melhor do autor. De qualquer jeito, a resenha não ficou confusa não, pode deixar, haha.

    Abraços,
    Elisa~
    The Fat Unicorn

    ResponderExcluir
  4. Oi, Panzinhaaaaaaaaa

    Menina, eu fiquei aqui meditando se eu lia ou não a resenha! Mas acabei lendo! hahahaha
    Eu comprei o livro, mas deixei pra ler só depois da estreia do filme. Você foi corajosa, mulher! Eu fiquei com medo de mudar a visão que eu tenho da Lou e de assim estragar a experiência com o filme sabe?
    Concordo que CEEADV não precisava de uma continuação. Jojo disse que escreveu pq muita gente sentia curiosidade de saber o que aconteceu com a Lou, eu também, mas eu podia imaginar, podia pensar que ela estava seguindo os conselhos de Will, que estava bem...não tinha necessidade de um novo livro!
    Apesar de amar a Jojo por ela ter escrito meu livro favorito da vida, não consigo deixar de achar que ela escreveu Depois de Você somente por dinheiro.
    Eu ri ali com vc falando que queria que acontecesse como em Uma Curva no Tempo! hahahaha
    Vou ler assim que assistir ao filme! Vou na quinta-feira mesmo, tô aqui contando as foras, esperei muito por isso. ESPERO NÃO ME DECEPCIONAR!!!!!

    Beijo :* <3

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  5. adorei a resenha, vou ler esse livro bjs : )
    http://lanibelezafeminina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Siiiim Pam, é exatamente isso!
    Quando soube desse lançamento, eu pirei né. Fiquei louquinha querendo ler o livro, e quando finalmente o tive em mãos, achei que a leitura ia ser tão viciante quanto o anterior, que eu ia morrer no meio de lágrimas etc, mas foi beeeem longe disso, tanto que nem arrisquei escrever resenha porque sem dúvida ia xingar e sei que não é bem por aí. Existem livros que ~não~ precisam de continuação, e Como eu era antes de você é a maior prova de todas disso. É triste, mas tenho certeza que a Jojo resolveu escrever só pelo sucesso que o primeiro fez e, sério, isso nunca dá certo. Esse livro é o meu favorito de romance de todos os tempos, e por conta da expectativa que depositei em Depois de você, acabei me decepcionando muito. Concordo total com você, é uma história bonita, sim, de superação, aprendizado, de reconstrução da própria vida, e por estarmos esperando mais um Will Traynor, os personagens que apareceram foram um pouco xoxos. A filha dele, achei - total - desnecessário. Entendi o ponto da autora, mas a menina me irritou 99% do livro, e terminei com a impressão de "ok. eu já tinha entendido que ela poderia ser feliz com o final do primeiro livro mesmo." E enfim, lá tô eu criticando, mas sim, minha opinião também é confusa, acho que esse é o efeito natural desse livro hahaha

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

NEWSletter

Blog Archive