[RESENHA] Mensageiros da Morte, de Marcos de Sousa

Postado em 10 de janeiro de 2016 às 23:43 por

Hey cupcakes!
Como vão vocês? Espero que tenha ocorrido tudo bem! E agora vamos com a primeira resenha do ano, de um livro de booktour do autor Marcos Sousa! Eu deveria ter postado antes, mas com a correria acabou que não consegui, mas vamos começr 2016 com uma resenha de um ótimo livro. Vem cá ver!

Mensageiros da Morte
Sinopse: O Chefe, dono da maior empresa de armamentos do mundo, passando por dificuldades financeiras, percebe que uma guerra em nível mundial é tudo que ele necessita para que seu império se recupere. Com a maestria de um especialista, aguça a ganância e o ódio nas pessoas certas, preparando terreno para um grande confronto armado.

Com uma rede de intrigas e compra de favores entre os altos escalões dos principais governos do mundo, o Chefe age como um fantasma, derrubando mitos, espalhando terror e derramando sangue inocente a cada passo dado.
Porém, em toda grande teia, sempre há um traidor. Será que alguém terá coragem de desafiar um dos homens mais poderosos do mundo? Quantas peças desse quebra-cabeça terão de ser arrancadas para evitar o pior?
Em um livro repleto de mortes e sangue, Marcos de Sousa apresenta o melhor e o pior de cada pessoa. O amor e o ódio se entrelaçam, formando uma corrente indestrutível.
O fim do mundo como conhecemos se aproxima e só uma questão é essencial: quantas almas você é capaz de ceifar por ganância?

RESENHA

Acho que vocês vão ver muitos quotes e eu queria poder tê-los marcado de coloridinho, mas era livro de BookTour, então eu fui tirando foto e passando pra cá. Tive de me conter! O autor Marcos Sousa disponibilizou o livro para leitura, e gente! Fui arrebatada! Levei uns "tapas na cara" com esse livro e ainda no final fiquei um pouco (muito) chocada. Poxa Marcos!

[...] Era assim que agia dentro de sua empresa. Contudo, contradizendo a lei de Newton, tinha certeza que o culpado, seja lá quem fosse, sofreria uma reação muito mais forte do que sua ação. Na vida real, não havia reações na mesma intensidade
 - Não. Acabamos de entrar em uma nova era.
 - Uma nova Era?  - Érica perguntou espantada.
 - Sim,  uma era de guerra e muitas mortes. Prepare-se querida. Sinto que o pior ainda está por vir.
pág. 37
Mas vamos lá!
Se você espera fantasmas mensageiros que vem trazer a morte: meu bem, você está muito enganado (a)! Os mensageiros que são retratados nesse livro, são reais e estão pertinho de você, de todos nós.
Já no começo do livro, somos sugados por datas, lugares e acontecimentos surpreendentes, que confesso, me deixaram muito confusa ao iniciar a leitura mas depois de alguns capítulos, tudo começou a se encaixar na cabeça. Explosões, destruição, bombas, pessoas morrendo, sangue. O autor intercalou capítulos curtinhos, em lugares diferentes do globo, mostrando que não é só no Brasil que as coisas acontecem, assim como em vários lugares do mundo que elas estão sendo premeditadas.
Virou novamente a menina no sofá e a colocou na posição anterior. Não fosse a perfuração na testa, poderia passar-se por uma garota dormindo. Jay olhou para aquela cena e não pode deixar de pensar o quão fracos eram até os mais fortes. Porém, o pensamento foi tão rápido quanto veio.
pág. 83
Com momentos sanguinários, um "Chefe" culpado que está por trás de todas as mortes e ataques, surge então, o Exercito Brasileiro para nos proteger... Mas estes, um comando especial: os Mensageiros da Morte. Isso com a capa do livro achei fantástico. Alvo da morte, alvo das armas! Mas voltando... São homens maravilhosamente treinados, fortes, imbatíveis. Bem, nem todos.
[...] Arrependimento matava e ele não estava a fim de morrer.
pág. 84
Thiago acaba de chegar, obrigado, mas não vai ficar exatamente onde deveria. Vamos dizer, que ele usa recursos para chegar em alguns lugares, e acaba ficando por outros. É aí que ele acaba no meio dos homens e se tornou um dos meus personagens favoritos. Ele, podemos ver claramente, sofre uma mudança, para melhor, ao longo do livro. Dentre outros, ele é um dos que tem um dos maiores motivos de mudança. Mas claro que ele não é o único personagem. 
- Não sabia que as deusas passavam o tempo lendo.[...]
- Deusas não tomam conta de doentes, soldado Ferris.
- Você pode me chamar de Thiago.
- Como você se sente?
- Depois de acordar com uma visão tão bela, excelente.
pág. 98
Apesar de poucas páginas, cada capítulo deixa um gostinho de quero mais, e se for pra reclamar de alguma coisa, é a quantidade delas - gostaria que fosse mais. Apesar de ter ao mesmo tempo achado que deveriam ter mais páginas, o ritmo da história me conquistou e Marcos não deixou a peteca cair em momento algum. No final fiquei pensando seriamente que deveriam ter mais páginas sim!
- Pelo tamanho, imagino que seja uma arma de defesa pessoal disfarçada de livro.
Ambos riram.
- Pelo visto você não gosta de ler... Estou errada, soldado Ferris?
- Thiago...
- Tanto faz.
- Podemos dizer que tenho outros hobbies.
- Entendi... - Disse meio desanimada.
- Mas eu gosto muito de música.. .Dizemo que toda música é uma poesia, não é isso?!
- Então há algumas poesias muito ruins por aí.
Ele sorriu e nada disse. Estava encantado demais para pensar em algo.
pág. 99
Gostei da alusão a autora nacional que o Marcos colocou e sobre livros. Esse não é geralmente o meu estilo de leitura, mas flui tão bem e não é possível encontrar erros gritante de ortografia e concordância, então isso só conta pontos positivos. Além da crítica social presente no livro, que é colocada de uma forma que o leitor consegue acabar identificando isso na sociedade, pelo menos, infelizmente, podemos visualizar ela acontecendo com seres humanos, longe ou não de você. 
- Letícia?
- Sim, Thiago.
- Agora que estou acordado, você terá o que fazer.
- Tipo?
- Nos conhecermos melhor já seria um bom começo.
pág. 100
Gostaria de agradecer ao autor a oportunidade de ler sua obra, gostei muito e recomendando: leiam cupcakes, vocês não vão se arrepender!






Você também pode gostar de:

14 comentários

  1. Sua resenha está ótima<3 Não conhecia o livro e nem o autor, parece ser bem interessante, confesso que não leio muitos livros nesse estilo, mas faz tempo que estou tentando me aventurar em novas leituras, vou adicionar ele a minha lista *_*

    Beijos
    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. É tão bom ver cada vez mais os nacionais ganhando espaço! Criei a meta de ler pelo menos 20 livros nacionais esse ano, e espero conseguir, precisamos conhecer mais os nossos autores e valorizar mais a nossa cultura não é mesmo?

    Gostei muito da resenha, parabéns!

    Beijos!
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginasblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Pâm, tudo bem?
    Não conhecia esse livro, e gostei muito da sinopse! Me lembrou um quê de Segunda Guerra, e eu amo livros nessa temática! Aliás, parabéns pela resenha, ficou muito boa e me deixou bem curiosa, haha.


    Beijão!
    http://www.winterbird.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Embora pareça pouco a quantidade de páginas, por um lado é até bom o autor não se prolongar e acabar ficando algo cansativo. Quero muito leer :D adorei a resenha!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "Isla e o final feliz", vem conferir!

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Conheço o livro, mas ainda não tinha lido uma resenha dele, ainda mais tão empolgada. Entendo, quando vejo frases legais também tenho vontade de sair enchendo tudo de fitinhas, rsrs. Agora fiquei curiosa pela história.
    Beijos
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Ooooi Pâm!!! Como você está?

    Pelo título "Mensageiros da Morte" eu não leria não, sou medrosa, mas me empolguei com sua resenha e você recomendando, fico com mais vontade de ter uma opinião formada sobre o livro.

    E quer ler mais livros da Colleen? Leia 'Talvez um Dia', é o meu preferido dela *-*

    Supergirl eu larguei no episódio 2 e Once na temporada 2, HAHAHA. Preciso me atualizar, mas acho que larguei mesmo. Arrow e Flash me agradaram bem mais que a Supergirl. Mas vou ver Agent Carter, prometo! E Constantine, mesmo não tendo final, tenho que conhecer né?

    Eu e Marian Keyes temos uma relação de amor e ódio, HAHAHA. Eu não sou fã de 'Melancia', mas gostei muito de 'Férias', achei tão diferente de tudo que eu li. E isso me fez gostar dela. Mas os preços são realmente um absurdo, por isso não li mais.

    E vamos conversando até a Bienal chegar, se eu conseguir ir, a gente se encontra lá hein? *-*

    AH! E voltei de férias sim, mas saí do meu emprego. Na verdade, eu troquei. Começo outro novo na segunda feira, estou animada *-* depois te conto como foi meu primeiro dia, rs

    Beeeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bom?
    Eu vou bem, obrigada.
    Eu já estou na minha segunda resenha do ano, acredita? E já estou preparando a terceira, quero continuar nessa animação para poder finalizar o ano com pelo menos 40 livros.
    Cara, eu vi a capa do livro de relance e pensei que era resenha do livro Psicose, a capa me lembrou bastante, apesar de ser muito diferentes.
    Me interessei bastante pelo livro só na sinopse, nunca li esse tipo de livro e me parece bom. Obrigada pela recomendação.

    sessão proibida †

    ResponderExcluir
  8. Oi Pam,
    A resenha ficou ótima, adorei os quotes e o livro parece ser bacana.
    HAHA além de ta pobre [desempregada] eu não sei se cuidaria bem de um livro de BT porque sou muito desastrada. Sério, maior medo de fazer merda!

    P.S: Eu espero que o ano fique melhor mesmo porque está difícil.
    Espero que seja melhor que 2015.
    Aqueles kits com almofadas de Beijada Por Um Anjo, eram muito fofos sos....e as penas, adoráveis.

    Tenha um ótimo final de semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  9. Pâââm, estou aqui de novo, rs
    Terminei de ler "Guerra Civil" e sinceramente? Não vai ter ligação com o filme, tem muitos personagens que nem foram escalados, a temática mesmo, senti falta do Capitão América, sabe? Parece que tem mais Homem de Ferro que qualquer outro herói.
    Em breve, quero postar minha resenha, mas tinha que te contar o que achei!
    Beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Caramba que temática da hora. O livro parece ser bacana, não seria um leitura próxima apesar de ser um gênero que leio muito. Gostei bastante das quotes
    e tô de volta XD

    bjs,
    Carol | Espilotríssimo
    http://carolespilotro.com

    ResponderExcluir
  11. Pâmmmmmm, tudo bem, lindona?

    Menina, deixa eu te falar que se você quiser escrever um testamento toda vez que você for lá no bloguinho, pode escrever, porque eu amo de paixão os seus comentários! hahahaha

    Eu acho que vocÊ super ia curtir a história de Losing Me Finding You. É bem interessante...no dia do aniversário dela ela acorda em outro lugar, muda a cidade, os pais, não lembro se muda o nome, mas acho que não pelo que eu li nas resenhas...mas aí tem um menino que, apesar dela sempre desaparecer e acordar com outra vida, sempre encontra ela. Bizarro, né? hahahaha Eu não queria o ebook, mas esses livros em inglês estão tão caros... =/

    E esse ano tem Bienal, né, bandida? Vai dar #aloca e comprar tudo que eu sei! hahaha
    Esse ano eu que vou ficar em casa, invejando todo mundo. Queria poder ir, mas não vai dar.

    Ahhhh, sabe o que eu queria perguntrar, já que você é chegada nos livros do Nicholas Sparks...vc já leu o livro que vai sair o filme agora? Noooosa, Tamires, que informação bem dada! hahahha

    É que eu não lembro o nome do livro e tô com preguiça de pesquisar! hahahhahaha
    Mas é um que o ator é meio feio, mas é bonito, e a atriz é loira. Queria saber se vc leu pra saber se é bom...


    Bom, agora sobre a resenha. Eu já tinha lido algumas outras resenhas e todas elas elogiaram muito o livro, e lembro que muitas delas também falaram que o livro poderia ter mais páginas.
    SUAUSASUHSUHAUAH realmente, olhando o nome do livro dá até pra imagonar umas mortes de capa preta e foice na mão!
    Sempre tive a impressão que o livro é muito inteligente, sabe? O livro tem quantas páginas, Pâm? Menos de 200?

    É tão bom quando os capítulos do livro são curtinhos, né? Eu sofro de um TOC terrível, só consigo parar de ler um livro quando termino um capítulo. Nunca consigo parar do nada! ahhhahahaha
    Então capítulos muito longos são sofríveis para mim, principalmente â noite!

    E obaaaaaaaaaaaaaaaaa, marcadores! <3 <3 <3
    Que linda você, Pâm! Vou te mandar meu endereço pela aba de contatos. Se não chegar você me fala.

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  12. Oi Pâm! ^^
    Bom, também não é meu estilo de leitura, mas depois dessa sua resenha fiquei curiosa para conhecer a história.

    Beijos;

    Blog: http://hipercriativa.blogspot.com.br/
    Wattpad: https://www.wattpad.com/user/helainaideas
    Fanpage: https://www.facebook.com/BlogMenteHipercriativa

    ResponderExcluir

NEWSletter

Blog Archive