[RESENHA] Um Porto Seguro, de Nicholas Sparks

Postado em 13 de julho de 2015 às 00:41 por

Depois de 89438234920983 anos de ter lido esse livro, e ainda apaixonada pela capa do filme (sim, eu não me apaixono por capas de filmes, mas essa me ganhou com toda certeza) e pelo tio Nicholas Sparks, resolvi que deveria resenhar, e fim de papo.
Brincadeirinha, o papo está só começando!

Nos momentos mais difíceis, o amor é o único refúgio.

Um Porto SeguroSinopse: Quando uma mulher misteriosa chamada Katie aparece repentinamente na pequena cidade de Southport, na Carolina do Norte, questionamentos são levantados sobre seu passado. Linda, mas discreta, Katie parece evitar laços pessoais formais até uma série de eventos levá-la a duas amizades distintas: uma com Alex, o viúvo com um coração maravilhoso e dois filhos pequenos; a outra com sua vizinha muito sincera.
Apesar de ser reservada, Katie começa a baixar a guarda lentamente, criando raízes nessa comunidade solícita e tornando-se próxima demais de Alex e de sua família. No entanto, quando Katie começa a se apaixonar, ela se depara com o segredo obscuro que ainda a assombra e a amedronta: o passado que a deixou apavorada e a fez cruzar o país.
Com o apoio de Jo, Katie percebe que deve escolher entre uma vida de segurança temporária e outra com recompensas mais arriscadas... E que, no momento mais sombrio, o amor é seu único refúgio.

RESENHA

Ler Nicholas Sparks pode ser bobo para algumas pessoas, mas simplesmente é nostalgicamente lindo e eu sempre consigo ver o amor de diversas formas, e apesar do romance sempre ter o foco principal, podemos ver o amor pelos olhos das crianças, de pais e filhos, de avós e de pessoas queridas, eu sempre volto isso para o meu meio, mais palpável, e por isso não acho irreal. 
O amor não significa nada se você não está disposto a fazer um compromisso sério, e você não pode pensar no que você quer, e sim no que ela quer. Não agora, mas no futuro.


Um Porto Seguro é diferente de outros livros que eu havia lido do mesmo autor, mas eu acho que cada um tem a sua essência. Esse, por exemplo, contem características que eu não pensaria encontrar numa obra dele, mas que eu encontrei e achei que deram doses de personalidade e realidade ao texto.
 Mas eu realmente acredito que, embora o amor possa ferir, ele também seja capaz de curar…
Aqui conhecemos Katie, uma mulher que poucos conhecem e vai morar em uma cidadezinha (adivinha onde?) na Carolina do Norte. Ela faz o que pode para não se aproximar das pessoas, mas inevitavelmente, encontra em Jo, sua nova vizinha, uma ótima amiga que pode contar em todas as horas. Deixo aqui para constar que achei essa uma das personagens mais sofridas do tio Sparks, lutadora e segue em frente, mas mesmo assim com um passado filho da mãe.
Todo mundo tem um passado, mas ele se limita a ser apenas o passado. Você pode aprender com ele, mas não pode mudá-lo.
Ela continuava na sua, como garçonete, até que um belo dia, encontra com Alex e já na primeira vez que se vêem é possível ver uma química palpável - puf! Eles se conquistaram de primeira. Parece rápido? Não foi. Apesar do romance a primeira vista, nada é tão fácil quanto parece... Ah, se fosse...
Ao longo da história, vamos conhecendo mais sobre Kat e desvendando seu passado. Aqui encontrei elementos que não tinha lido nas obras anteriores do tio Nick, e achei que deram mais realidade (e talvez eu tenha ficado de coração partido durante o livro, mas é apenas um pequeno fato...). Depois de encontrar com Alex que as coisas realmente começam a acontecer e conseguimos desvendar mais um pouquinho.As crianças são incríveis, e a relação construída de amor, de amizades, de frustrações e emoções é realmente um laço muito bonito. E a Jo... Ai, gente, arrepiei só de lembrar.

Talvez você ame, ou você odeie, mas que podemos tirar boas lições e ficar com vontade de conhecer esses dois, ah isso eu fiquei com certeza...E aquele final? Apesar de já esperado, eu me surpreendi com os detalhes e fico emocionada só de lembrar.

Já leram? Leriam? Gostaram da resenha ? 
Abraços!!

Você também pode gostar de:

11 comentários

  1. Aah, eu li esse não tem muito tempo. E fiquei apaixonada. A gente nem espera aquele final lindo, alem dele ser um autor incrível ne ?! Beijos, http://bhulago.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu adorei sua resenha, mas ainda não consigo me convencer em ler mais um do Sparks :c Eu acho ele sempre com o mesmo roteiro é tudo tão igual apesar de situações diferentes, mas meh x_x

    bjs, Carol | Espilotríssimo
    www.carolespilotro.com

    ResponderExcluir
  3. Pâm!!

    Eu leria sim!! Mas confesso que tenho outros na frente...na verdade confesso que sempre acabo deixando o Nicholas para depois... não sei pq... me interesso pelas histórias, mas sempre coloco outros na frente!
    Panzinha!! suas resenhas são ótimas!!! Vc quer confete, né?!!? srsrsr Gostaria de saber fazer resenhas, mas não consigo, dou spoiler, não falo sobre o que tenho que falar, dou muita opinião, aí nem tento fazer! rsrsrs

    Bjinhos
    JuJu
    As Besteiras Que Me Contam

    ResponderExcluir
  4. Muito boa resenha!! Não conhecia a história, apesar de conhecer o autor e fiquei interessada ^^
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Pâm!
    Gosto dos filmes baseados nos livros do Nicholas Sparks, mas o clima de tristeza das obras dele sempre me deixam receosa. Morri chorando com A Última Música e desde então acabei não lendo mais nada do autor. :(
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Oie,
    Eu tenho ele em minha estante, mas ainda não consegui ler. Amo Nicholas Sparks, por isso sei que vou amar e me surpreender com essa obra!
    A resenha ficou ótima!!

    Beijos,
    Juh
    http://umminutoumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá.
    Eu não li este livro, mas minha amiga leu e super recomenda. AUSHUAS
    Gostei da sua resenha, fiquei curiosa.

    http://blogexplicita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Pâm!! ^^
    Até hoje não li nenhum livro do Nicholas Sparks. Pelas sinopses e resenhas que eu leio não parece nenhum pouco ser meu estilo. Gosto muito mais de uma fantasia, algo menos real... se é que você me entende.

    Pois é, meu livro tá crescendo rápido e eu já estou começando a me preocupar em relação a quantas coisas vou ter que cortar depois!! Hahahaha...

    A novela Fera Feria é bem antiga, segundo um site que encontrei, ela foi construída inspirada na obra de Lima Barreto (http://tinyurl.com/novferfer). Lembro até que ela me ajudou no vestibular que fiz na época na UFV e tínhamos que ler um livro do Barreto o qual fez parte da trama da novela. Estudar pro vestibular assistindo novela? Quem não quer? hehe...

    Beijussss;
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/BlogMenteHipercriativa

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Eu não gosto muito dos livros do Sparks, por isso não tenho vontade de conhecer nem essa obra e nem outras, já tive experiências ruins com o autor. Muitas. Mas gostei da resenha.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Pânzinha!

    Eu tenho problemas com o Nicholas...de agora em diante não assisto nenhum filme sem antes ter lido o livro! Não sei...por mais que você tenha dito que cada livro tenha a sua essência eu acho que elas são sempre iguais, ou quase iguais, que tudo culmina na mesma coisa...
    O único livro que li e amei foi Uma Longa Jornada! Vou dar uma chance a outro livro dele! Quem sabe um outro não me ganha, né? Estava pensando em ler O Melhor de Mim, já leu? É bom?

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  11. Se tem uma coisa que eu amo é livro e se tem outra coisa que eu amo é o Nicholas Sparks porque ele sabe como fazer um romance, é um dos melhores livros que eu já li de autoria dele, um dos que mais me prendeu e que eu li mais rapidamente. Uma verdadeira paixão pelas historias dele. Adorei seu blog, já está nos meus favoritos.

    Meu blog: www.umcontainer.com

    ResponderExcluir

NEWSletter

Blog Archive