[PEGA A PIPOCA] Filme Seven, Os Sete Crimes Capitais

Postado em 6 de março de 2015 às 19:08 por

Salve, salve galera, aqui é o Luiz Paulo retomando mais uma vez. Só que hoje eu não estou para brincadeiras, hoje eu resolvi pegar pesado. Logo na minha terceira semana eu resolvi por meu coringa para fora. Nada de nerdice, dessa vez é drama. Hoje eu vou falar de um filme obrigatório a todos os amantes da sétima arte. Vou falar de Seven, os Sete Crimes Capitais.
Então é isso ai, só tragam o milho, porque a coisa vai esquentar...
Vamos voltar no tempo, o ano é 1995, lá um assassino em série passa a escolher as suas vítimas em função dos crimes capitais: uma é gulosa, a outra preguiçosa, a outra é invejosa... Uma dupla de investigadores é escolhida para o caso: um policial veterano (Morgan Freeman) e outro novato (Brad Pitt). Enquanto buscam o responsável pelos crimes, descobrem que as suas vidas e as de seus familiares estão em jogo.
Sei que de cara já comecei jogando uma bomba em vocês chamada Garota Exemplar, que me foi devolvida com o fato de ser um livro e alguns não o terem lido, por isso não podiam ver o filme, por essa razão eu resolvi preparar outro míssil do David Fincher. Até porque a temática de x-men não agradou a todos, mas eu voltarei com ela mais tarde. Confesso que Seven pode ter uma história incômoda, abordando um tema polêmico, porém esse é um estilo particular do diretor e cá entre nós, suas obras são verdadeiros espelhos da época em que estão inseridas.
A carreira do diretor foi catapultada neste filme, então imaginem que este é, ainda hoje, uma das mais bem executadas histórias policiais das últimas décadas, com um ar diferente, soturno e sombrio que chocou o mundo, com um final incrível que vai deixá-los de queixo caído, um clima crescente de desesperança e uma tensão mais do que brilhantemente manejada. Alia-se isso a um jovem e carismático Brad Pitt e o que temos é simplesmente a formula do sucesso, porém este thriller policial vai muito além disso.
Como dito anteriormente o diretor tem uma capacidade de nos envolver em sua atmosfera, mas há mais aqui, os três primeiros minutos do filme já começam te deixando exatamente no ambiente onde o diretor planeja te colocar. E por fim o filme acaba por atirar em nós que o mundo é um lugar horrível e mesmo havendo um sinal de esperança ele continua te dizendo que é horrível. E isso ocorre de maneira tão estranha que mesmo as partes engraçadas ainda te deixam tenso de certa forma.
Fincher acaba por construir os papeis de Freeman e Pitt de maneira ímpar, sem pressa para que se desenvolvam da melhor maneira possível durante o filme.

Somerset, e aqui eu quero fugir um pouco do meu método tradicional, talvez pelo seu maior tempo de vida em relação ao colega, talvez em função de sua vasta cultura, sente-se deslocado no mundo (confesso que me vejo bastante nele, não por ser velho, até porque eu só tenho 22 como na música da Taylor, mas no sentido de deslocado), como se não compreendesse mais o sentido das coisas.
Por outro lado, Mills se mostra um bom policial, dedicado, profissional, mas um tanto apressado e passional, como ele mesmo se descreve, "alimentado pelas emoções."

Concluindo, a maneira como a história foi montada e se desenrola ao longo das duas horas de filme é algo surreal pois cada elemento, roteiro, direção, áudio, atores, trabalho de câmera, tudo, combinam-se de maneira espetacular para formar algo digno de sétima arte. Esse é um filme que eu recomendo a todos assistirem, ele vai mudar a percepção de vocês sobre algumas coisas.

"Você não é o messias. É um filme que ninguém vê, um slogan de camiseta, no máximo." - Pitt.
"Se pegarmos o John Doe e acontecer dele ser o diabo. Quero dizer, se ele fosse o próprio Satanás seria conveniente para nós. Mas ele não é o diabo. Ele é só um homem." - Freeman

Você também pode gostar de:

10 comentários

  1. Gente do céu! Perai que eu tô correndo pra baixar agora mesmo. Como eu nunca ouvi falar desse filme?? Oo eu adoro assuntos que envolvam os 7 pecados, e mais todo esse trama que você contou me deixou aqui roendo as unhas. Pode ter certeza que amanhã mesmo tô assistindo *--*

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem post novo sobre séries no blog, vem conferir!

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Amooooo filmes assim. E confesso que fiquei louquinha aqui para assistir esse, vou procurar e tentar ver esta semana mesmo. E adoro este dois atores, eles são perfeitos. Super, hiper adorei a dica.

    Beijinhos..

    http://livrosfilmeseencantos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Luiz,
    Ainda não assisti o filme, mas parece ser ótimo. Vou procurar no Netflix HAHAHA
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Já assisti esse filme, faz um tempinho, viu. Nem lembro direito.
    Mas valeu a dica.

    bjos
    DAMA DE FERRO

    ResponderExcluir
  5. Nunca assisti esse filme, mas já assisti Garota Exemplar e ouvi muitos elogios ao Fincher, com certeza aceito essa dica e quero assistir em breve! Sua descrição sobre o filme e o diretor são bem instigantes ;}

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Aaa, fiquei com vontade de assistir!
    Obrigada pela sugestaãããoo
    www.iamcamilakellen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Acredita que eu não conhecia esse filme? Pelo o que Luiz Paulo escreveu, parece ser ótimo. Ótimo não, perfeito. Tem o Brad Pitt no meio. HAHAHAHA. :)

    Vou baixar pra assistir à noite.

    ResponderExcluir
  8. Já tinha ouvido falar desse filme, mas nunca assisti. Porém, depois dessa resenha fiquei bem curiosa.

    aguardandoocamaleao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi! ^^
    Nossa, esse é o tipo de filme que dá pra assistir diversas vezes mesmo já sabendo o final. A interpretação dos atores é excelente (não podia ser diferente, né?) e a história é incrível. De vez em quando passa na TV de madrugada e eu assisto.
    Gostei de ler a resenha dele! Tenho umas sessões de nostalgia com filmes e livros no meu blog também! Adoro recomendar coisas antigas e boas para as novar gerações.

    Beijussss;
    https://www.facebook.com/BlogMenteHipercriativa
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Excelente filme, complexo na medida certa e brilhante.
    Beijo

    ResponderExcluir

NEWSletter

Blog Archive