[RESENHA] Geek Love, de Eric Smith

Postado em 17 de agosto de 2014 às 17:15 por

Hey pessoal! Hoje é dia de resenha - e a resenha é do livro Geek Love - Manual do Amor Nerd, do autor Eric Smith. Esse é um dos lançamentos de poucos meses atrás, e a Editora Gente que trouxe para nós.

Essa capa foi um dos pontos que mais me chamaram a atenção. Não te lembra games antigos?

Sinopse
Geek Love

Eric Smith sabe mais do que ninguém que existem prazeres imensos na vida geek. Amigos incríveis, conversas até de madrugada sobre realidades alternativas ou até mesmo o simples prazer de ler aquele lançamento de quadrinhos. No entanto, chega um momento na vida de todo nerd em que o amor bate à porta e daí vem a hora de jogar o xadrez tridimensional que é o mundo dos solteiros. Não se desespere, jovem Padawan! Deixe Smith guiá-lo por esse caminho e descubra que amar é muito mais do que flores e bombons. Afinal, nada é normal na vida do nerd, e o amor não é senão o mais extraordinário dos fenômenos humanos.




RESENHA
Sem dúvidas, ser um geek assumido pode ser um tanto quanto divertido e nerd demais aos olhos dos outros. Mas geralmente isso pode ser difícil no caso amoroso do negócio. Esse livro pode te ajudar (aliás, ele é de auto ajuda mas não torça o nariz para ele! ;) a ver com outros olhos uma forma de conquistar e partir para o primeiro encontro com o player ou a player 2.
Espera.
Você não sabe o que é a player ou o player 2? Vamos começar do início, não é mesmo?

O Manual do Amor Nerd tem uma linguagem um pouco diferenciada - tem a linguagem apropriada para nerds e geeks que acompanham os termos gamers, como fases, níveis, chefões e players (player 1 que é o leitor e player 2, que é a pessoa desejada). Com os termos gamers, fica fácil de entender as situações mais inusitadas ou que temos que passar até finalmente chegarmos a um relacionamento completo - desde como chegar na pessoa até o primeiro encontro e se necessário, até o término.
Então, como namorar num mundo em que as pessoas, até certo ponto, nem se encontram mais? 
Encontrar um amor pode ser tão difícil quanto enfrentar dragões para resgatar a princesa no final, mas o autor explicita tudo de uma maneira tão descomplicada através de comparações, que você logo se vê envolvido e sente que talvez não seja um bicho de sete cabeças como parece.
Mas tudo isso depende do tipo de nerd que você é, e claro, de suas habilidades especiais - é impossível não se encontrar nas descrições, em pelo menos uma delas.
Seja um sebo, seja um lugarzinho alternativo, seja uma rede, livrarias são ótimos locais para vasculhar em busca da geek dos sonhos.
Eu confesso que esse livro, apesar das poucas páginas, eu demorei alguns dias para ler, para absorver as dicas e pesar com as minhas opiniões sobre relacionamentos. É um livro pra pensar e ao mesmo tempo se divertir. No entanto, eu fiquei me questionando se de fato eu faria aquilo.
Pelo contrário do que imaginei, não fiquei com vontade de correr atrás do meu geek naquela hora nem começar um relacionamento. Acredito que esse assunto é um tópico muito complicado, que tem milhares de ramos que pode tomar. Anote algumas dicas e use-as para os próximos relacionamentos, não precisam ser estritamente amorosos - por que não uma amizade, não é mesmo?
Porque uso a tecnologia como uma ferramente, não como uma muleta.
Agora, a diagramação tem letras que eu achei ligeiramente pequenas assim como o livro. As ilustrações de pixel, as divisões com moedas, e a capa não deixaram a desejar, nem a revisão.
Acho que você deveria ler, mas não seguir à risca, ok?

Você também pode gostar de:

19 comentários

  1. Acho esse livro tão amorzinho! Vi várias youtubers gravando resenha dele e vi que ele é mais direcionado ao público geek masculino... Mas ainda assim morro de vontade de ter ele na estante só pela lindeza que é ♥

    tofalandoisa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Pam.
    HAHA esse livro parece ser divertido.
    E a diagramação dele parece ser bem bacana, por algumas coisas que já vi.

    Cresci vendo o desespero das minhas primas e algumas colegas de classe, para ter um namorado.
    Sempre achei estranho e na minha hipótese vem com tempo haha
    Sou muito whatever em relação a isso hahahahaha

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  3. Oi Pam..
    Tenho curiosidade em ler o livro. Todos falam da capa mesmo. E também gostei muito dela.
    Gostei da sua resenha, mas não sei se leria o livro. Ouvi alguns pontos negativos como os seus..Mas é porque já não tinha muita vontade mesmo.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Essa capa também me chama atenção, mesmo eu não sendo nerd haha Mas acho que ele deveria mostrar mais como abrir o coração para uma moça, seja ela geek ou não. Às vezes as diferenças também podem ser legais, sei lá >_<

    ResponderExcluir
  5. Já ouvimos falar bastante desse livro, mas ainda não lemos, deve ser interessante.

    Beijos

    http://www.onlyinspirations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu li o livro e tive uma opinião semelhante a sua, as letras são mesmo menores e eu confesso que não consegui entender metade das referências, tem que ser nerd nível hard pra absorver tudo.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Poxa, ele é meio auto-ajuda?! :'( Que decepção! haushaus' odeio livros assim, mesmo sendo tão diferentes como esse. Pensei que seria um romance, mas né. Confesso que fiquei curiosa, mas não irei atrás da leitura dele por agora. Ótima resenha.

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Já ouvi falar desse livro e acho a capa linda, mas o conteúdo dele não me chama a atenção. Livros do tipo auto-ajuda não fazem o meu estilo. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Pam,
    Apesar de não ler livros de auto - ajuda, achei a proposta do livro interessante, sem falar que gostei bastante da diagramação.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ola Pam, tudo bem?
    Eu já vi muito na rede sobre esse livro!! Parece ser uma fofura e tenho muita curiosidade em ?lê-lo um dia, Tenho praticamente certeza que me roubara algumas risadas. Livro fofinho demais
    Mas admito que era bem capaz de não entender certos termos por não ser Nerd shusshus
    Adorei sua resenha!!
    Abç
    www.interruptedreamer.com

    ResponderExcluir
  11. Salve, salve Pâm, sabe o que virava de resenha, Rangers a Ordem dos Arqueiros.
    Não que seja "A" história, mas são 11 livros o que dá... muita... história, se é que fui claro...

    ResponderExcluir
  12. Oi Pam, tudo bem?
    Livros com título "Manual", são complicados, pois não podem ser empregados a risca por todo mundo. Confesso que compraria esse livro mais pela capa fofa do que pelo conteúdo.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  13. Que livro bonito, fiquei curiosa pela capa, o designer parece lindo. Por se tratar de um manual deve ser bem subjetivo. Sucesso para o blog ♥

    http://sobangulos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. A capa lembra jogos antigos mesmo, verdade. Talvez eu leria, parece ser uma boa forma de pensar em relacionamentos, mas sem levar à sério demais o que está escrito.

    thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Pâm;
    Eu já tinha visto esse livro, mas apesar da capa bonitinha, não tinha chamado muito minha atenção.
    Gosto de ler dicas sobre relacionamentos e até usar umas de vez em quando, mas como minha "metade da laranja" foi para Narnia e até agora não voltou, temo que só consiga usar as dicas desse livro nas relações de amizade mesmo.

    Adorei a frase: "Porque uso a tecnologia como uma ferramente, não como uma muleta." Essa sim é pra anotar e usar pra vida!

    Beijusss;
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/BlogMenteHipercriativa

    ResponderExcluir
  16. Mais um para a série "Eu preciso por causa da diagramação" <3
    Adorei a resenha, Pâm! O livro parece ser um @amor.

    Abraço
    http://garotodelinhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Pam, tudo bom?
    Nossa, adorei a resenha, to curioso quanto ao livro. Necessito logo, deve ser tão lindo pra exibir na estante kkkk

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Amei a tua resenha! Estou seguindo o seu blog e obrigada por seguir o meu!
    - www.ameninaquecolecionavalivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Até que eu fiquei com vontade de ler esse livro quando ele foi lançado, mas fiquei com medo de não entender algumas referencias porque não sou o tipo de pessoas que jogo videogame ou assisti esses filmes com essa conotação. Acho que eu ia ficar boiando legal. kkkkkkkkkkkkk Mas o livro é lindo!!

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir

NEWSletter

Blog Archive